acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Combustíveis

Procon-SP vai multar 18 postos por aumento abusivo

09/03/2012 | 13h54
O Procon-SP vai multar 18 postos de combustíveis que aumentaram o preço do litro da gasolina e do etanol durante a paralisação de motoristas de caminhões-tanque em São Paulo nesta semana. No total, segundo informou o órgão nesta sexta-feira (9), 42 postos denunciados foram fiscalizados - 22 foram notificados a prestar esclarecimentos. Diversos estabelecimentos da cidade ficaram com os tanques vazios por pelo menos um dia, e alguns postos aumentaram o valor dos combustíveis devido à alta procura.

Segundo o Procon, em apenas dois postos não foram encontrados problemas. Entre os estabelecimentos fiscalizados, o órgão detectou um aumento de até 51% no valor dos combustíveis. Até o fim da tarde desta quinta-feira (8), 248 denúncias de aumento dos preços foram recebidas pelo órgão. Muitos postos receberam mais de uma denúncia.

De acordo com o site da Agência Nacional do Petróleo (ANP), a média da gasolina cobrada no estado de São Paulo é de R$ 2,62 o litro para o consumidor e de R$ 2,228 o litro para a distribuidora. Nesta quarta, um posto na Avenida Alfredo Pujol, na Zona Norte de São Paulo, foi flagrado cobrando R$ 4,49 no litro da gasolina. Um funcionário foi detido.

Até a tarde desta quinta-feira (8), 11 pessoas, a maioria gerentes de postos, haviam sido indiciadas por conta dos reajustes. Todos os postos que alteraram os preços vão ser investigados, independentemente de terem revisado os valores.

A lista de postos autuados pode ser encontrada no site do Procon.


Fonte: G1
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar