acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Presidente da Alcoa comemora 70% de autossuficiência energética em visita de Lula

02/12/2010 | 10h09
A Alcoa está muito próxima de atingir 70% de autossuficiência energética no País. O índice começa a ser alcançado em Fevereiro de 2011, quando poderá utilizar a energia gerada pela Usina Hidrelétrica Estreito, localizada entre os Estados do Maranhão e Tocantins. Além da Usina de Estreito, a Alcoa é acionista e usuária de energia das hidrelétricas Barra Grande e Machadinho, no Sul do Brasil, e Serra do Facão, entre os estados de Goiás e Minas Gerais, garantindo hoje cerca de 50% de autossuficiência à Companhia. Ontem (30/11) o presidente Luiz Inácio Lula da Silva acionou o fechamento do primeiro vertedouro da Usina de Estreito para iniciar o enchimento do reservatório. 

 

"É um marco histórico para a Alcoa. Estamos felizes por esta conquista e por saber que muito em breve teremos 70% de autossuficiência energética em nossas operações. Todos os esforços que temos feito nesse sentido estão refletidos neste importante resultado", comemora Franklin Lee Feder, presidente da Alcoa América Latina e Caribe.

 

O Presidente Lula destacou a importância do empreendimento para o país: "Esta hidrelétrica servirá de modelo para como tratar corretamente e respeitosamente os moradores que aqui vivem, os moradores, os pescadores e os que trabalham na agricultura". Lula ressaltou que Estreito mostrou que empresários e movimentos sociais podem viver em acordo para o benefício de toda a população,  se referindo ao convênio assinado pelo Ministério da Pesca e Aquicultura, CESTE, IBAMA e Colônia de Pescadores para implantação do projeto do Complexo Integrado de Escoamento, Processamento e Beneficiamento da Produção Pesqueira da área de influência da Usina Hidrelétrica Estreito. 

 

Acompanhado do ministro de Minas e Energia, Marcio Zimmermann;  da ministra do Meio Ambiente, Isabela Teixeira; do ministro interino da Pesca e Aquicultura, Cleberson Carneiro Zavaski;  dos governadores do Maranhão, Roseana Sarney e do Tocantins, Carlos Gaguin, e dos senadores Edison Lobão (PMDB) e João Alberto (PMDB), entre outras dezenas de autoridades da região e empresários, o Presidente Lula visitou o canteiro de obras da hidrelétrica. 

 

A UHE recebeu investimentos de R$ 4 bilhões e está prevista para ser inaugurada e gerar energia a partir de Fevereiro de 2011. O Ceste-Consórcio Estreito Energia é constituído por Alcoa (25,49%), GDF SUEZ / Tractebel Energia (40,07%), Companhia Vale do Rio Doce (30%) e Camargo Corrêa (4,44%). 

 

Atualmente, cerca de 8 mil homens trabalham na UHE Estreito. A linha de transmissao, estruturas do vertedouro e da barragem foram concluídas e a casa de força, que fica no lado do Maranhão, está com 95% de suas obras civis finalizadas. 

 

Para desocupar a área de abrangência da usina, o Ceste adquiriu mais de  3.000 propriedades, avaliando cada caso individualmente. Em todo este processo, o consórcio teve o cuidado de visitar, uma a uma,  as famílias, levando informação e esclarecendo dúvidas. Foram mais de 2.350 visitas individuais e 53 reuniões coletivas com a população local. 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar