acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Cotação

Petróleo tem leve alta de olho em decisão do Fed

13/09/2012 | 10h26
Petróleo tem leve alta de olho em decisão do Fed
Depositphotos Depositphotos

 

As expectativas são de que o Federal Reserve anuncie mais medidas de estímulo à economia dos Estados Unidos
Os contratos futuros de petróleo operam com leve alta, enquanto os investidores evitam fazer grandes movimentos antes da decisão sobre juros do Federal Reserve. As expectativas são de que o Fed anuncie mais medidas de estímulo à economia dos Estados Unidos.
Embora uma terceira rodada de relaxamento quantitativo possa impulsionar os preços do petróleo, o mercado tem mais espaço para cair do que subir, segundo Eugene Lindell, analista da JBC Energy. "Muitas pessoas estão assumindo que o QE3 virá, mas essas apostas podem ser perigosas porque se uma decisão não for tomada pode haver queda, e isso tem potencial para acontecer", afirmou.
Em certo grau, o mercado já embutiu nos preços um novo relaxamento quantitativo, comentaram analistas da Petromatrix, observando que o problema é que a maioria dos participantes do mercado preveem um impacto muito pequeno sobre a economia real. A Petromatrix calcula o suporte para o brent em US$ 115,00 o barril e para o WTI em US$ 96,62 o barril.
Às 8h44 (horário de Brasília), o brent para outubro subia 0,38% na ICE, a US$ 116,40 por barril, e o petróleo para outubro negociado na Nymex avançava 0,20%, a US$ 97,20 o barril. 

Os contratos futuros de petróleo operam com leve alta, enquanto os investidores evitam fazer grandes movimentos antes da decisão sobre juros do Federal Reserve. As expectativas são de que o Fed anuncie mais medidas de estímulo à economia dos Estados Unidos.

 

Embora uma terceira rodada de relaxamento quantitativo possa impulsionar os preços do petróleo, o mercado tem mais espaço para cair do que subir, segundo Eugene Lindell, analista da JBC Energy. "Muitas pessoas estão assumindo que o QE3 virá, mas essas apostas podem ser perigosas porque se uma decisão não for tomada pode haver queda, e isso tem potencial para acontecer", afirmou.

 

Em certo grau, o mercado já embutiu nos preços um novo relaxamento quantitativo, comentaram analistas da Petromatrix, observando que o problema é que a maioria dos participantes do mercado preveem um impacto muito pequeno sobre a economia real. A Petromatrix calcula o suporte para o brent em US$ 115,00 o barril e para o WTI em US$ 96,62 o barril.

 

Às 8h44 (horário de Brasília), o brent para outubro subia 0,38% na ICE, a US$ 116,40 por barril, e o petróleo para outubro negociado na Nymex avançava 0,20%, a US$ 97,20 o barril. 



Fonte: Redação TN
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar