acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultados

Petrobras, YPF e Ecopetrol com bônus denominados em dólares dão rendimento superior a 8% ao ano

23/11/2016 | 10h38
Petrobras, YPF e Ecopetrol com bônus denominados em dólares dão rendimento superior a 8% ao ano
Divulgação Divulgação

O fundo hedge Adar Macro da Adar Capital Partners acumulou uma rentabilidade de 30% no período de janeiro e outubro deste ano e de 57% desde que foi lançado em agosto de 2013, consolidando assim sua trajetória como um dos fundos mais rentáveis do mundo.

O presidente da Adar Capital Partners, Diego Marynberg, declarou: "A atual crise de muitos fundos hedge se deve essencialmente ao fato de haverem tomado posições, há anos, em um mercado que investia excessivamente, a taxas de juros muito baixas, em ativos com alavancagem financeira excessiva. Se a isso somarmos o fato de que, progressivamente, haverá maior volatilidade, a consequência será que muitos fundos hedge irão desaparecer a curto prazo, porque não poderão garantir rentabilidade, nem justificar cobranças de comissões por sua gestão acima de 20%". Esse ajuste rigoroso entre os fundos hedge irá aumentar, segundo Marynberg até 2018. 

"A queda da rentabilidade de alguns fundos hedge desde a crise financeira tem sido mais dramática nos mercados desenvolvidos. Porém, isso não acontece em outras regiões como, por exemplo, na América Latina", afirma Marynberg. "Na América Latina existem empresas excelentes como a Petrobras, a YPF e a Ecopetrol, com bônus denominados em dólares americanos e cujo rendimento supera a taxa de 8% ao ano. Para conseguir esses rendimentos nos Estados Unidos, Europa ou Ásia, é preciso investir nos chamados títulos com alta rentabilidade e alto risco ('junk bônus'). Em vez disso, na América Latina, a participação acionária das empresas é majoritariamente estatal, o que lhes atribui, adicionalmente, uma garantia quase soberana. Outra vantagem desta região é sua menor alavancagem financeira, de forma que, em casos de crises econômi cas, o efeito negativo é menor. Esse grupo de empresas representa 40% de nossa carteira de investimentos e, a médio prazo, se vê menos afetado pelas oscilações do mercado". 

Para 2017, a Adar Capital Partners espera ampliar sua carteira de investimentos e que seu fundo Adar Macro irá crescer dos atuais $ 850 milhões para $ 1 bilhão. 

Sobre a Adar Capital Partners 

A Adar Capital Partners Ltd. ("ACP") presta consultoria de investimentos a investidores institucionais, empreendimentos familiares e fundos de investimento privado. Liderada pelo fundador e CIO do fundo, Diego Marynberg, a Adar desenvolveu uma estratégia de investimento e registros históricos muito bem-sucedidos, com um foco principal nos mercados financeiros da América Latina e da Europa. http://www.adarcapitalpartners.com

 



Fonte: Redação/PR Newswire
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar