acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Petrobras vende volume recorde em leilão de gás natural

25/11/2010 | 09h17
Petrobras vende volume recorde em leilão de gás natural
Petrobras vende volume recorde em leilão de gás natural Petrobras vende volume recorde em leilão de gás natural
A Petrobras vendeu ontem (24) 9,18 milhões de m³/dia de gás natural em leilão eletrônico. Este é o maior volume desde que a Petrobras iniciou, em abril de 2009, essa modalidade comercial, sendo 34% superior ao volume recorde já vendido em leilões anteriores. Foram adquiridos 61% do total de 15 milhões de m³/dia ofertados hoje.
 
 
Nesse leilão foi oferecida parte do volume disponível para as termelétricas que não será demandada até março de 2011 em função do despacho termelétrico esperado para o período e das atuais condições dos reservatórios das hidrelétricas. As quantidades comercializadas nesse leilão não afetam o atendimento aos compromissos assumidos pela Petrobras com o mercado termelétrico.
 
 
Ao colocar esses volumes de gás natural no mercado, a Petrobras possibilita que as distribuidoras estaduais ofereçam, à indústria nacional, o energético em condições mais competitivas. Hoje, o mercado industrial consome cerca de 70% do volume de gás não termelétrico brasileiro.
 
 
O deságio, neste certame, foi de 49% em relação ao preço médio dos contratos de longo prazo – maior desconto no preço do gás natural obtido pelas distribuidoras nos onze leilões já realizados.
 
 
Como consequência, 62% da demanda das distribuidoras por gás natural, para atendimento ao mercado não termelétrico, terá um preço médio global inferior ao do gás de origem boliviana.
 
 
A experiência na realização de onze leilões demonstra a eficiência desse mecanismo como instrumento para comercialização de gás natural. A Petrobras reafirma o seu compromisso de continuar realizando vendas do gás termelétrico não demandado no período por meio de contratos de curto prazo. 


Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar