acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo

Petrobras e UFRJ inauguram laboratório para desenvolver tecnologias exploratórias

27/10/2009 | 09h43
A Petrobras e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) inauguram hoje (27) um laboratório para o desenvolvimento conjunto de novas tecnologias para exploração e produção de petróleo nos campos da estatal.
 

A fase 1 do Laboratório de Engenharia, Aplicação e Desenvolvimento em Instrumentação, Automação, Controle, Otimização e Redes de Campo (Lead), que vai funcionar na Ilha do Fundão, é resultado de parceria entre o Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenpes) e a universidade.

 

O laboratório será instalado em um prédio de 150 metros quadrados (m2) e terá como principal atribuição identificar e explorar rotas tecnológicas, desenvolver conhecimentos e avaliar tecnologias voltadas para o setor de petróleo e gás.

 

A área foi disponibilizada pela UFRJ, enquanto a Petrobras investiu em infraestrutura e na aquisição de equipamentos. Segundo informações da empresa, o Programa de Engenharia Elétrica da Coordenadoria dos Programas de Pós-Graduação de Engenharia (Coope) da universidade foi escolhido como parceiro por ser avaliado com nota máxima pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)”.

 

Já está em processo de licitação a fase 2 do laboratório, a ser construído em  uma área de 1.800 m2,  também no Parque Tecnológico da UFRJ, onde já existe, desde 2003, o LabOceano – um dos mais modernos laboratórios oceânicos do mundo, também resultado de parceria entre a Petrobras e a Coope.

 

Na avaliação da estatal brasileira de petróleo, a inauguração do laboratório reforça a estratégia de desenvolvimento em conjunto de novas tecnologias, “o que traz benefícios tanto para as universidades, que realizam suas pesquisas acadêmicas em laboratórios de ponta, quanto para a Petrobras, que ao compartilhar conhecimentos cria competências para superar seus desafios tecnológicos e empresariais”.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar