acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
GNL

PDVSA pode investir em terminal de gás em Pernambuco

30/11/2005 | 00h00

O prometido terminal de regaseificação no Porto de Suape deve começar a sair do papel. O empreendimento - que já chegou a ser negociado entre a Shell, a Petrobras e o Governo do Estado - volta à tona, após cinco anos de estudos dos investidores. Dessa vez, a parceria deverá contar com a Petroleos da Venezuela S.A. (PDVSA), sócia da Refinaria Abreu e Lima. Segundo o primeiro vice-presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), Ricardo Essinger, como os venezuelanos estão construindo uma usina de liquefação e precisarão de uma plataforma para fazer o processo inverso (regaseificação) com o gás natural, o Estado tem mais chances de receber o projeto. “Pernambuco é uma opção viável, com o maior consumo e a refinaria”, afirmou.

“O gás líquido viria da Venezuela e se houver necessidade, de Trindad Tobago, usando o gasoduto Venezuela-Brasil, que passaria por Manaus e Fortaleza, ligando-se ao Nordestão (gasoduto local). Tudo ainda está em estudo, mas é bem provável porque a Venezuela não tem consumidor para todo o gás que produz”, explicou.

O terminal de regaseificação é aguardado desde meados de 2000. Naquela época, o empreendimento foi estimado em US$ 200 milhões, valor a ser aplicado num terminal marítimo e numa unidade de estocagem e regaseificação de gás natural. A idéia era transformar o gás líquido importado em gás combustível para as termelétricas da Região Nordeste. Os planos previam importar até 160 mil metros cúbicos de gás líquido e regaseificar cinco milhões de metros cúbicos por dia, a partir de 2005.

A participação da Shell no negócio deve permanecer. Recentemente, o vice-governador José Mendonça Filho visitou o terminal de regaseificação da Shell na Geórgia, Estados Unidos. Ele foi acompanhado do vice-presidente da empresa, Antônio Assumpção. 



Fonte: Folha de Pernambuco
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar