acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Sétima Rodada

Número de empresas interessadas é superior ao triplo da média da rodadas anteriores

15/09/2005 | 00h00

O número de empresas interessadas em participar da Sétima Rodada de Licitações para áreas de exploração e produção de petróleo e gás natural da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) é superior ao triplo da média das seis rodadas anteriores. Ao todo, 139 empresas enviaram manifestações de interesse à ANP, das quais 112 são brasileiras e 27 estrangeiras.

Das 112 brasileiras, 12 são de grande porte, sendo 11 privadas, e as outras 100, pequenas e médias empresas. Das grandes empresas brasileiras, seis, além da  Petrobras, já atuam no setor de petróleo. Entre as 27 estrangeiras, algumas estão entre  as maiores empresas que atuam no mercado  internacional  e  outras que participam pela primeira vez de uma rodada de licitações.

Segundo o diretor-geral da ANP, Haroldo Lima, os números mostram que a convocação para que o empresariado brasileiro, independente de seu porte, participe da Sétima Rodada, foi bem sucedida. A ANP realizou fóruns de divulgação da Sétima Rodada no Rio de Janeiro, Salvador, Sergipe, Belo Horizonte, São Paulo, Rio  Grande do Norte, Piauí e Amazonas, além da participação em três eventos internacionais, na Offshore Technology Conference (OTC), em Houston; na European Association of Geoscientists & Engineers  (EAGE), em Madri; e na American Association of Petroleum Geologists (AAPG), em  Calgary, no Canadá. “Os eventos mostraram que empresários de todos os portes podem participar da rodada, inclusive os pequenos e médios, na revitalização das 17 áreas inativas com acumulações marginais que estão serão oferecidas nos estados da Bahia e de Sergipe.”

O interesse despertado pela Sétima Rodada, segundo Haroldo Lima, indicam a  possibilidade da criação, no Brasil, de uma categoria até momento inexistente, que é a  dos pequenos e médios produtores de petróleo. O prazo para manifestação de interesse encerrou-se ontem (14/9). Para poder  participar  da  Sétima  Rodada, as empresas precisam passar por um processo  de  habilitação,  ainda  em  curso, no qual serão analisados os requisitos para participação na rodada, previstos no edital da licitação.

A  Sétima Rodada de Licitações será realizada no período de17 a 20 de outubro deste  ano, no Rio de Janeiro. Serão oferecidos 1.134 blocos com risco exploratório e 17 áreas inativas com acumulações marginais.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar