acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Cana-de-açúcar

Moagem de cana no Centro-Sul permanece em ritmo lento

24/05/2012 | 16h01
O volume processado de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras da região Centro-Sul do país somou 20,96 milhões de toneladas na primeira quinzena de maio, expressiva queda de 36,89% relativamente as 33,21 milhões de toneladas registradas em igual período de 2011. No acumulado desde o início da safra 2012/2013, a moagem totalizou 35,09 milhões de toneladas, 38,67% inferior àquela observada no mesmo período do último ano (57,22 milhões de toneladas).

Segundo a União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), o declínio na quantidade de cana-de-açúcar processada até momento se deve ao atraso no início da safra em muitas usinas e às condições climáticas que prejudicaram a operacionalização da colheita em boa parte da região produtora.

A instituição também acentua que as produções de etanol e açúcar continuam abaixo daquelas registradas na safra passada, seguindo a retração da moagem.

Entre 1º a 15 de maio, a fabricação de açúcar totalizou 1,02 milhão de toneladas, contra 1,56 milhão de toneladas no mesmo período de 2011. Em relação ao etanol, o volume produzido somou 772,81 milhões de litros (sendo 599,89 milhões de litros de etanol hidratado e 172,92 milhões de litros de etanol anidro), ante 1,27 bilhão de litros registrados no ano passado.

As vendas totais de etanol pelas unidades do Centro-sul, desde o início de abril até o final da primeira quinzena de maio, somaram 2,14 bilhões de litros, 11,58% acima daquelas registradas em idêntico período da safra anterior. Nesse período, o volume de etanol direcionado ao atendimento do mercado interno alcançou 2,02 bilhões de litros (dos quais 1,29 bilhão de litros referem-se ao etanol hidratado e 729,97 milhões de litros ao etanol anidro) - montante 8,09% superior aquele observado no mesmo período de 2011.

Na primeira quinzena de maio, o volume de etanol comercializado somou 748,22 milhões de litros. Deste total, 51,19 milhões de litros destinaram-se à exportação, enquanto 697,02 milhões de litros ao mercado interno.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar