acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultado

Mineradora de Eike Batista registra lucro recorde no 3º trimestre

12/11/2010 | 12h35
A MMX, braço de mineração do grupo EBX, do empresário Eike Batista, obteve lucro líquido de R$ 85,8 milhões no terceiro trimestre, revertendo prejuízo acumulado de R$ 27,1 milhões em igual período no ano passado. O resultado é recorde, para um trimestre, na história da companhia, criada em 2005. Na comparação com o segundo trimestre, houve variação de 304%, diante do prejuízo observado de R$ 42 milhões naquele período. A receita bruta da MMX totalizou R$ 251,9 milhões no terceiro trimestre, variação positiva de 123% ante intervalo de tempo correspondente no ano passado.


Sobre o trimestre imediatamente anterior, houve alta de 23%. O Ebitda (lucro antes de juros, amortizações e impostos) somou R$ 72,5 milhões, revertendo prejuízo observado em trimestres anteriores. Na avaliação da MMX, o mercado de minério de ferro sofreu "ligeiro arrefecimento" no terceiro trimestre. Na China, as importações do produto caíram 14% sobre o terceiro trimestre de 2009, e 4% ante o segundo trimestre de 2010. Essa retração, no entanto, não impactou as exportações brasileiras, ressaltou a companhia, em comunicado ao mercado.


As vendas de minério de ferro da MMX apresentaram recuo de 4% ante o trimestre anterior, somando 1,7 milhão de toneladas. A produção também caiu, ficando em 1,3 milhão de toneladas, variação negativa de 14% sobre o segundo trimestre. Em relação ao período de julho a setembro de 2009, houve alta de 24%. No acumulado de janeiro a setembro, a MMX produziu 5,6 milhões de toneladas, volume recorde, e superior ao que foi registrado ao longo de 2009 -- 5,2 milhões de toneladas.


Fonte: Folha de S.Paulo
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar