acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Serviço

Mar Oil prestará serviços a 35 plataformas no País

18/07/2005 | 00h00

Atuando há 20 anos no apoio a plataformas de petróleo e rebocadores, a Mar Oil ganhou recentemente licitação para fazer o agenciamento de 35 plataformas operadas pela Petrobras no País. Este serviço refere-se à resolução dos trâmites legais para o funcionamento da plataforma, desde documentação a organização dos serviços necessários na parte de apoio em terra.
- Operamos como agentes de navegação, dando apoio em terra para que embarcação ou plataforma tenha suporte necessário à sua operação. Oferecemos leque amplo de serviços - afirmou a gerente de operações da empresa, Pattricia Miranda.
A Mar Oil opera também no apoio a embarcações estrangeiras em diversos portos do País, onde mantém base estruturada para resolver questões de desembaraço dos navios de outros países, que incluem a validação de documentos, liberação de equipamentos, apoio estrutural, de manutenção, além de cuidar da legalização do pessoal estrangeiro.
- A partir do momento em que embarcação estrangeira entra aqui, cuidamos da parte legal para que ela possa operar normalmente em águas brasileiras - disse a Pattricia.
A Mar Oil opera junto a cinco rebocadores no País, sendo um no Nordeste, que opera entre Natal, Fortaleza e Aracaju, um no Sul, em Itajaí, e outros três na Bacia de Campos. Além disso, a empresa cuida da legalização de peças importadas que chegam para serem utilizadas por navios nacionais, através do regime de admissão temporária.
Atividades de mergulho fazem parte do portfólio de serviços oferecidos pela empresa. A Mar Oil desenvolve atividades subaquáticas junto à Petrobras no Rio Grande do Norte, relacionadas a pesquisas da estatal.
- Temos cinco sistemas de mergulho com capacidade para explorar até 50 metros de profundidade - lembrou Pattricia. A empresa pretende ampliar sua base de atuação em Aracaju, no Sergipe, onde pretende iniciar o trabalho de operação de transporte de passageiros para unidades de produção de petróleo.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar