acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultado

Lucro do Grupo Freudenberg cresce pelo quarto ano consecutivo

14/04/2014 | 15h42

 

O Grupo alemão Freudenberg anunciou recorde de vendas em 2013, totalizando € 6,62 bilhões. Segundo a companhia, no Brasil o faturamento líquido foi de R$ 692 milhões - um aumento de 10,4% em relação a 2012. O crescimento das vendas se deu pelo quarto ano consecutivo.
"A Freudenberg é agora mais inovadora e mais bem sucedida do que nunca", disse o presidente do Conselho de Administração do Grupo, Mohsen Sohi.
Ajustado aos efeitos das aquisições e desinvestimentos no montante de € 148,1 milhões e aos efeitos da taxa de câmbio, as vendas foram 5,4% ou € 338,9 milhões superiores as do ano anterior. O lucro consolidado encontrava-se em € 401,5 milhões, com base em uma melhoria significativa nas operações de negócios, em comparação ao valor do ano anterior (€ 432,7 milhões), que incluiu itens extraordinários. Em 31 de dezembro de 2013, o Grupo Freudenberg empregava 39.897 colaboradores (ano anterior: 37.453 colaboradores).
Brasil
No ano passado, a empresa investiu mais de R$ 27 milhões no país, incluindo o investimento na ampliação e modernização dos parques industriais da Freudenberg Não Tecidos e Freudenberg-NOK Sealing Technologies.
A empresa inaugurou uma nova planta da Freudenberg Filtration Technologies em Jacareí – SP e o Centro Corporativo do Grupo da América do Sul em Alphaville - SP. “Tivemos um ano muito positivo, de grandes conquistas e investimentos na nossa estrutura corporativa e fábricas, o que deverá contribuir de maneira significativa para os nossos resultados nos próximos anos", afirma o representante regional do Grupo Freudenberg na América do Sul, Juan Carlos Borchardt.
Segundo o executivo, no Brasil o quadro de pessoal permaneceu estável em relação ao ano anterior com 1.500 colaboradores.

O Grupo alemão Freudenberg anunciou recorde de vendas em 2013, totalizando € 6,62 bilhões. Segundo a companhia, no Brasil o faturamento líquido foi de R$ 692 milhões - um aumento de 10,4% em relação a 2012. O crescimento das vendas se deu pelo quarto ano consecutivo.

"A Freudenberg é agora mais inovadora e mais bem sucedida do que nunca", disse o presidente do Conselho de Administração do Grupo, Mohsen Sohi.

Ajustado aos efeitos das aquisições e desinvestimentos no montante de € 148,1 milhões e aos efeitos da taxa de câmbio, as vendas foram 5,4% ou € 338,9 milhões superiores as do ano anterior. O lucro consolidado encontrava-se em € 401,5 milhões, com base em uma melhoria significativa nas operações de negócios, em comparação ao valor do ano anterior (€ 432,7 milhões), que incluiu itens extraordinários. Em 31 de dezembro de 2013, o Grupo Freudenberg empregava 39.897 colaboradores (ano anterior: 37.453 colaboradores).


Brasil

No ano passado, a empresa investiu mais de R$ 27 milhões no país, incluindo o investimento na ampliação e modernização dos parques industriais da Freudenberg Não Tecidos e Freudenberg-NOK Sealing Technologies.

A empresa inaugurou uma nova planta da Freudenberg Filtration Technologies em Jacareí – SP e o Centro Corporativo do Grupo da América do Sul em Alphaville - SP. “Tivemos um ano muito positivo, de grandes conquistas e investimentos na nossa estrutura corporativa e fábricas, o que deverá contribuir de maneira significativa para os nossos resultados nos próximos anos", afirma o representante regional do Grupo Freudenberg na América do Sul, Juan Carlos Borchardt.

Segundo o executivo, no Brasil o quadro de pessoal permaneceu estável em relação ao ano anterior com 1.500 colaboradores.

 



Fonte: Ascom Grupo Freudenberg
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar