acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Faturamento

Lucro da Exxon Mobil sobe 2,5% no 3º trimestre, para US$ 8,07 bilhões

31/10/2014 | 10h59

 

A petrolífera americana Exxon Mobil informou nesta sexta-feira que seu lucro líquido avançou 2,5% no terceiro trimestre, em comparação com iguais meses do ano passado, e terminou em US$ 8,07 bilhões. Mesmo com menor venda de petróleo, a empresa melhorou os resultados das áreas de refino e distribuição.
A receita líquida sofreu leve queda de ficou em US$ 107,5 bilhões. A produção da companhia recuou 4,7%, em resposta à forte queda nos preços da commodity recentemente. O enfraquecimento do petróleo no mercado internacional assusta o setor com um todo.
A Exxon disse que aproveitou o momento para se livrar de explorações não rentáveis. Dentre as medidas, aparece a desistência de campos no Canadá e de rede de exportação de gás natural na Papua Nova Guiné. Agora, o grupo pretende perfurar no Oceano Ártico, mas sofre com incertezas em relação à regulação nos Estados Unidos e às sanções contra a Rússia.
O lucro por ação da empresa ficou em US$ 1,89 no trimestre, contra US$ 1,79 um ano antes. Analistas consultados pela Thomson Reuters previam resultado de US$ 1,71 e receita de US$ 105,51 bilhões. 

A petrolífera americana Exxon Mobil informou nesta sexta-feira que seu lucro líquido avançou 2,5% no terceiro trimestre, em comparação com iguais meses do ano passado, e terminou em US$ 8,07 bilhões.

Mesmo com menor venda de petróleo, a empresa melhorou os resultados das áreas de refino e distribuição.

A receita líquida sofreu leve queda de ficou em US$ 107,5 bilhões. A produção da companhia recuou 4,7%, em resposta à forte queda nos preços da commodity recentemente.

O enfraquecimento do petróleo no mercado internacional assusta o setor com um todo.

A Exxon disse que aproveitou o momento para se livrar de explorações não rentáveis. Dentre as medidas, aparece a desistência de campos no Canadá e de rede de exportação de gás natural na Papua Nova Guiné.

Agora, o grupo pretende perfurar no Oceano Ártico, mas sofre com incertezas em relação à regulação nos Estados Unidos e às sanções contra a Rússia.

O lucro por ação da empresa ficou em US$ 1,89 no trimestre, contra US$ 1,79 um ano antes.

Analistas consultados pela Thomson Reuters previam resultado de US$ 1,71 e receita de US$ 105,51 bilhões. 

 



Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar