acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Jaqueta de Mexilhão embarcada

23/10/2009 | 10h32
Jaqueta de Mexilhão embarcada
Jaqueta de Mexilhão embarcada Jaqueta de Mexilhão embarcada
A jaqueta da plataforma PMXL-1, do gigantesco campo de Mexilhão, já está posicionada em uma balsa guindaste (BGL-2) no Estaleiro Mauá e deve seguir para locação, junto com os módulos (planta processo; processo e geração; e utilidades e acomodações), até o final de novembro. A plataforma, que vai operar até junho de 2010, irá receber também os gás de Tupi e de Uruguá-Tambaú.


O conjunto de empreendimentos vinculados a Mexilhão já consumiram em torno de 3 bilhões (incluindo os poços, a plataforma, os marítimos e terrestres e a UTGCA ampliada, sem computar Uruguá e Tambaú).

Localizada no Estaleiro Mauá, em Niterói, na Baia da Guanabara, a PMXL-1 será instalada a 140 km da costa, em águas rasas de 170 m de profundidade. A responsável pelo transporte e instalação da plataforma, estacas e módulos é a italiana Saipem, que tem contrato de US$ 70 milhões com a Petrobras. A obra dos módulos deve ser encerrada ainda este mês e a instalação da plataforma na locação deve ser realizada em dezembro. O contrato para a construção da plataforma de Mexilhão é o maior do gênero já realizado no Brasil.


O campo de Mexilhão está localizado no litoral de São Paulo, a cerca de 160 km da costa e em lâmina d'água que varia entre 320 m e 550 m.
Números:


- Campo de Mexilhão


• Produção diária: de 8 a 9 milhões de m3 de gás, no primeiro semestre de 2009
• Capacidade de produção: 15 milhões de m3 de gás/dia, produzidos entre 2010 e 2011
• Investimento: US$ 2 bilhões
• Altura da PMXL-1: 230 m de estrutura metálica, sendo 182 m a altura da jaqueta (a mais alta da América Latina)
• Gasoduto: 145 km, compreendendo dutos com diâmetro de 34”
• Profundidade dos poços de gás: Lâmina d’água entre 320 m e 550 m, estando os poços a cerca de 20 km da PMXL-1


- PMXL-1


• Produção de gás: 15 milhões de m3/dia
• Produção de condensado: 3,2 mil de m3/dia
• Altura da jaqueta:182 m LDA (maior já construída no Brasil)


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar