acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
GNV

Governo do Ceará recebe veículos movidos a gás natural da CEGÁS

21/06/2019 | 09h45

O Gás Natural Renovável (GNR), que agrega valor econômico e social, reforça o compromisso com o meio ambiente e responde por 15% da composição do Gás Natural Veicular (GNV) distribuído pela Companhia de Gás do Ceará (CEGÁS), chegou aos veículos da frota da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA). Ontem de manhã, em ato simbólico na sede da CEGÁS, seis carros da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará foram adesivados com o Selo Verde Cegás por terem seus sistemas convertidos para o uso de GNV.

De acordo com o diretor-presidente da CEGÁS, Hugo de Figueirêdo, o projeto pioneiro vai propiciar uma economia na ordem de 30% em relação ao álcool e gasolina e reduzir em 20% as emissões de CO2. “Este é um exemplo a ser seguido por todos os órgãos do Executivo. É nossa contribuição para a economia do Estado: investimos recursos próprios e estamos disponibilizando este benefício”, disse. E complementou: “outros países vieram conhecer o projeto pioneiro, que é referência no mundo”, encerra.

Institucional

O benefício é evidente para o poder público e para a sociedade. O titular da SEMA, Artur Bruno, confirma a grandeza do projeto, “não só para o Ceará e para o Brasil”, como para o mundo. “Sobretudo quando a CEGÁS tira metano da atmosfera e nos proporciona combustível limpo em nossos carros”, destaca. “Esta é uma ação concreta contra o aquecimento global”, completa.

O secretário-executivo da Casa Civil, Francisco Cavalcante, se diz “um entusiasta” do programa. “É um bom exemplo de concepção público-privada”, afirmou. Segundo ele, a ideia do Governo do Estado, em parceria com a CEGÁS, é fomentar energias alternativas para que haja menor poluição atmosférica e, em paralelo, economizar no uso de combustíveis para que a frota tenha um desempenho de igual ou de menor valor de custo. “Esses são os dois pontos centrais desse projeto”, encerra.

Ao final da solenidade, os carros da SEMA, perfilados, foram adesivados com o selo verde: “Movido a gás natural”. Na ocasião, Artur Bruno afirmou que os combustíveis fósseis têm data para acabar e o melhor caminho é buscar cada vez mais as energias renováveis. Já o presidente da CEGÁS destacou o fato de a SEMA ser a primeira Secretaria do Estado a adotar a medida de conversão da frota.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar