acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás natural

Filial da boliviana YPFB é autorizada a importar gás para o MS

13/01/2020 | 10h16

Em portaria publicada na edição da sexta-feira (10) do DOU, o ministério de Minas e Energia autorizou a filial brasileira da YPFB (Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos) a importar gás natural até dezembro de 2024. Mato Grosso do Sul está entre os mercados potenciais da empresa, além de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Segundo a portaria, o combustível poderá ser puxado da Bolívia, em regime interruptível, com limite de 1,2 milhão de metros cúbicos por dia em 2020.

O teto sobe para 2,6 milhões de m³ por dia no ano que vem, depois para 3,6 milhões de m³ de 2022 até 2024.

A importação é parte de processo de mudança na relação comercial da estatal boliviana com o Brasil, uma vez que a exclusividade de negociação com a Petrobras foi extinta.

O combustível será transportado pelo Gasbol (Gasoduto Bolívia-Brasil) e entregue próximo a Corumbá, na fronteira entre Brasil e Bolívia.

Com a autorização, a filial brasileira da YPFB deverá apresentar à contrato de compra e venda de gás natural e relatórios mensais detalhado sobre as operações de importação.

Parte de processo de internacionalização da YPFB, a filial brasileira foi autorizada a exercer a atividade de carregamento de gás natural em agosto do ano passado.

Divulgação



Fonte: Campo Grande News, 13/01/2020
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar