acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Tubotech

Evento terá mais de 100 estrangeiras

24/09/2009 | 03h45

O maior evento para o setor de tubos das Américas, e um dos três maiores do mundo, a V Feira Internacional de Tubos, Conexões e Componentes (Tubotech) terá este ano espaço exclusivo para os expositores internacionais. Com aumento de mais de 40% em relação à edição anterior, em 2007, na feira deste ano estarão presentes mais de 100 empresas do exterior, vindas da Alemanha, Argentina, Áustria, China, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, Índia, Irlanda, Itália, Malásia, Reino Unido e Taiwan. Com entrada franca, o encontro será realizado no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, entre os dias 6 e 8 de outubro.



"Além de destacar as tecnologias de ponta do Brasil, a Tubotech oferece ao público um leque de novidades de outros países que antes os empresários precisavam buscar em feiras européias", explica Luciano Targiani, diretor da Tarcom Promoções, que promove a Tubotech em parceria com o Grupo Cipa. Ainda de acordo com ele, o objetivo é oferecer o maior número de informações e inovações da área em um único local, para otimizar e fomentar ainda mais os negócios e o conhecimento técnico-profissional.



aplicações. Aplicados nos mais variadores segmentos, tubos, conexões e componentes estão, de alguma forma, presentes no dia-a-dia de toda a sociedade, sendo utilizados, por exemplo, na indústria de bebidas e produtos alimentícios, na fabricação de automóveis, aviões e residências, nos móveis e navios, na condução de petróleo, gás, energia, água e esgoto, na construção civil, e em inúmeros outros mercados.



"A realização deste encontro cria condições para que o setor se fortaleça ainda mais e ganhe visibilidade. "Cada vez mais conseguimos abranger mais os segmentos relacionados às áreas compradoras", ressalta José Roberto Sevieri, presidente do Grupo CIPA.


Com faturamento de US$ 5 bilhões em 2008, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Tubos e Acessórios de Metal ( Abitam), somente em relação aos tubos de aço, o Brasil tem capacidade instalada para produzir mais de 4,3 milhões de toneladas ao ano. No mesmo período, a produção foi superior a 2,2 milhões de toneladas, as exportações atingiram US$ 679 milhões e mais de 353 mil toneladas foram vendidas. "Trata-se de um setor forte, empreendedor, dinâmico, de vanguarda tecnológica, fundamental para o desenvolvimento do País, e que possui um dos parques tecnológicos mais modernos do mundo", finaliza Sevieri.



Além de contar com a Metaltech (Feira Industrial de Tecnologias em Metais), Expobombas (Feira Internacional de Bombas, Motobombas e Acessórios), Expoválvulas (Feira Internacional de Válvulas Industriais e Acessórios), e Techshow (Jornada de Tecnologia dos Expositores), haverá também a realização paralela da Termotech (Feira Industrial de Tecnologias Térmicas), da Joterm (Jornada de Tecnologias Térmicas) e da Feigás (Feira Industrial do Gás).



"Essas feiras complementam de forma sinérgica as necessidades do visitante e apresentam uma infinidade de produtos, equipamentos, máquinas e tecnologias que antes o público precisava buscar em feiras de diversos setores", completa José Adolfo Siqueira, diretor executivo da Abitam, entidade que realiza o evento.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar