acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia Nuclear

Eletronuclear altera paradas de Angra 1 e Angra 2

20/12/2013 | 08h35
Eletronuclear altera paradas de Angra 1 e Angra 2
Angra 2(esquerda) e Angra 1(direita). Eletronuclear Angra 2(esquerda) e Angra 1(direita). Eletronuclear

 

Devido à Copa do Mundo de 2014, que ocorre no país em meados do próximo ano, a Eletronuclear (subsidiária da Eletrobras) decidiu alterar o cronograma de paradas programadas das usinas nucleares Angra 1 e Angra 2 previstas para o próximo ano.
Segundo a Eletronuclear, a mudança levou em consideração as datas de abertura e encerramento do Mundial – 12 de junho e 13 de julho, respectivamente.
Cada uma das usinas faz uma parada por ano para a troca do combustível nuclear, o que leva em média de 20 a 30 dias. Em comum acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), os serviços serão realizados em março e julho, após o encerramento da Copa, que terá sua partida final no dia 13 de julho.
Com a alteração, Angra 1 programou a parada para o dia 23 de março. Angra 2 vai parar em julho, após o final da Copa.
As duas usinas do complexo nuclear produzem, juntas, cerca de 2 mil megawatts (MW) de energia, respondendo por cerca de 40% da demanda de todo o estado do Rio de Janeiro.

Devido à Copa do Mundo de 2014, que ocorre no país em meados do próximo ano, a Eletronuclear (subsidiária da Eletrobras) decidiu alterar o cronograma de paradas programadas das usinas nucleares Angra 1 e Angra 2 previstas para o próximo ano.

Segundo a Eletronuclear, a mudança levou em consideração as datas de abertura e encerramento do Mundial – 12 de junho e 13 de julho, respectivamente.

Cada uma das usinas faz uma parada por ano para a troca do combustível nuclear, o que leva em média de 20 a 30 dias. Em comum acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), os serviços serão realizados em março e julho, após o encerramento da Copa, que terá sua partida final no dia 13 de julho.

Com a alteração, Angra 1 programou a parada para o dia 23 de março. Angra 2 vai parar em julho, após o final da Copa.

As duas usinas do complexo nuclear produzem, juntas, cerca de 2 mil megawatts (MW) de energia, respondendo por cerca de 40% da demanda de todo o estado do Rio de Janeiro.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar