acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Negócios

David Cameron e empresários do Reino Unido visitam o BNDES

28/09/2012 | 10h49

 

O programa de apoio à inovação para empresas da cadeia de petróleo e gás Inova Petro, lançado este ano pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), despertou o interesse dos cerca de 25 empresários, liderados pelo primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, que visitaram na tarde de quinta-feira (27) a sede do banco, no Rio de Janeiro.
O primeiro edital do programa foi lançado no último o dia 17, durante a abertura da feira Rio Oil & Gas, no Riocentro, pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp.
Cameron teve inicialmente um encontro fechado com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Em seguida, os dois se juntaram à comitiva, que ouviu do vice-presidente da instituição, João Carlos Ferraz, uma explanação sobre os programas de financiamento do BNDES e sobre a conjuntura econômica do Brasil.
Ferraz destacou a estabilidade da economia brasileira, que permite planejar a longo prazo, como “um grande ativo que o país tem hoje”. Mencionou também a inclusão das classes sociais no mercado consumidor, o que vai gerar grande demanda de investimentos. Referiu-se aos principais alavancadores de investimentos, que são os setores de petróleo e gás e energia.
Acompanhados ainda pelo ministro do Comércio e Investimentos do Reino Unido, lord Green, os empresários, que representavam companhias de vários segmentos, entre os quais energia, petróleo e gás, mineração e automobilístico, fizeram muitas perguntas, em particular sobre as linhas de financiamento à exportação do BNDES.

O programa de apoio à inovação para empresas da cadeia de petróleo e gás Inova Petro, lançado este ano pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), despertou o interesse dos cerca de 25 empresários, liderados pelo primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, que visitaram na tarde de quinta-feira (27) a sede do banco, no Rio de Janeiro.


O primeiro edital do programa foi lançado no último o dia 17, durante a abertura da feira Rio Oil & Gas, no Riocentro, pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp.


Cameron teve inicialmente um encontro fechado com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Em seguida, os dois se juntaram à comitiva, que ouviu do vice-presidente da instituição, João Carlos Ferraz, uma explanação sobre os programas de financiamento do BNDES e sobre a conjuntura econômica do Brasil.


Ferraz destacou a estabilidade da economia brasileira, que permite planejar a longo prazo, como “um grande ativo que o país tem hoje”. Mencionou também a inclusão das classes sociais no mercado consumidor, o que vai gerar grande demanda de investimentos. Referiu-se aos principais alavancadores de investimentos, que são os setores de petróleo e gás e energia.


Acompanhados ainda pelo ministro do Comércio e Investimentos do Reino Unido, lord Green, os empresários, que representavam companhias de vários segmentos, entre os quais energia, petróleo e gás, mineração e automobilístico, fizeram muitas perguntas, em particular sobre as linhas de financiamento à exportação do BNDES.

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar