acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Cummins apoia programa da Amcham +Competitividade Brasil

19/04/2016 | 11h37
Cummins apoia programa da  Amcham +Competitividade Brasil
Divulgação/Luis Pasquotto Divulgação/Luis Pasquotto

A Cummins Brasil, representada pelo vice-presidente da Cummins Inc., Luis Pasquotto (foto), apoia o programa +Competitividade Brasil, lançado na última sexta-feira (15/4) pela Amcham - Câmara Americana do Comércio, em São Paulo (SP), com foco na contribuição do setor privado para soluções que visam o aumento da competitividade brasileira.

O programa +Competitividade Brasil visa gerar propostas que tragam ganhos de produtividade ao país por meio de capacitações, forças-tarefa e estudos técnicos, e também estimular uma maior inserção das empresas brasileiras na economia global. Para este ano, a Amcham já conta com mais de 51 eventos programados em 14 cidades brasileiras.

Durante lançamento do programa, Pasquotto, também vice-presidente da Amcham, marcou presença no Painel Empresarial – “Alavancas para a produtividade das empresas que venceram a adversidade”, juntamente com Marco Stefanini – CEO Global da Stefanini IT Solutions - e o CEO da JSL, Fernando Simões. Também participaram do evento, o ex-ministro Pedro Parente, o sócio da AT&Kearney, Mark Essle, os presidentes do Citi Brasil, Hélio Magalhães, e o co-diretor do BRICLab da Columbia University, Marcos Troyjo.

Pasquotto, na oportunidade, comentou sobre as estratégias da Cummins no que diz respeito à competitividade, com inovações e metodologias diferenciadas para estar mais próximo aos clientes, no atendimento de suas demandas e ofertas de soluções que visam a redução de custo, com a grande contribuição do Centro de Tecnologia da Cummins, localizado na fábrica da empresa, em Guarulhos (SP).

“Foi de grande aporte para a inovação local e para o desenvolvimento dos nossos produtos ofertados no País, nos aproximando mais do mercado brasileiro e traduzindo toda nossa tecnologia para atender aos seus anseios”, disse Pasquotto que também enfatizou o conceito e a importância da diversidade nos negócios.

“Até o começo da década passada, nós éramos uma empresa de motores apenas e trazer a área de geração de energia foi um grande salto. Hoje motores representam 50% dos nossos negócios, sendo geração de energia, entre 15% e 20%. Oferecemos produtos Premium, mas buscamos sempre oferecer o menor custo total de operação aos clientes, seja na redução do consumo de combustível, utilizando a telemática no caso da indústria de mineração, ou na alta qualidade e durabilidade dos produtos”, comentou Pasquotto.

O programa +Competitividade Brasil será guia e foco dos trabalhos da Amcham para este ano e o próximo até atingir um conjunto de propostas e projetos. Vale acrescentar que o programa é aberto à participação das cinco mil empresas associadas, sendo 85% delas brasileiras.

Ainda no escopo da iniciativa, grupos de trabalho vão buscar propostas práticas empresariais de produtividade e inserção do Brasil na economia mundial por meio de iniciativas que abordem legislações trabalhistas e tributárias, incentivos ao talento e à infraestrutura, além do estímulo aos acordos comerciais com outros países e a simplificação de processos de comércio exterior e outras.

 

 



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar