acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultado

CTEEP registra lucro de R$ 915,3 milhões em 2011

16/03/2012 | 09h30
A Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP), principal empresa privada do setor de transmissão de energia elétrica no Brasil, informou na noite de ontem (15) que alcançou lucro líquido de R$ 915,3 milhões em 2011, crescimento de 12,7% se comparado ao ano anterior (R$ 812,2 milhões). Já a receita líquida foi de R$ 2,9 bilhões, elevando o valor em 28,6% apurado em 2010 (R$ 2,3 bilhões). A companhia fechou 2011 com margem EBTIDA de 50,2%, totalizando R$ 1,456 bilhão – crescimento de 23,8% frente a 2010 (R$ 1,2 bilhão – 52,1%).

 

A Receita Operacional Bruta aumentou 28,1% em 2011, atingindo R$ 3,268 bilhões, quando comparada aos R$ 2,551 bilhões registrados em 2010, em decorrência do aumento de 59,1% das receitas de construção, 25,5% das receitas de operação e manutenção e de 13,7% das receitas financeiras.

 

No 4T11 a Receita Operacional Líquida foi de R$ 794,5 milhões, um aumento de 2,1% em relação ao 4T10 e um decréscimo de 20,7% em relação ao 3T11, efeito do reconhecimento do ajuste monetário positivo no terceiro trimestre de 2011 e de acordo com a Resolução Homologatória n° 1.171 da ANEEL.

 

Ao longo do ano, as ações preferenciais da CTEEP apresentaram volume médio diário de negociação na BM&FBovespa de R$ 7,2 milhões, o volume total negociado em 2011 foi R$ 1.796,0 milhões. As ações ordinárias e preferenciais da CTEEP (BM&FBovespa: TRPL3 e TRPL4) encerraram 2011 cotadas a R$ 54,00 e R$ 57,99, respectivamente, o que representa uma variação de -11,62% e +5,25%, também respectivamente, em relação a 2010. Somando os proventos pagos aos acionistas ao valor da ação, o retorno referente às ações preferenciais (que apresentam maior liquidez) foi de 18,03%. Durante o exercício de 2011, o Ibovespa desvalorizou-se 18,11% e o Índice de Energia Elétrica (IEE) valorizou-se 19,72%.

 

Sistema de transmissão

 

A performance operacional mais uma vez foi um dos pontos fortes. A CTEEP manteve desempenho superior em 2011 em relação aos principais indicadores de análise usados pelo setor (ENES): o índice de energia não-suprida e a disponibilidade de seus ativos (linhas de transmissão, reatores e transformadores) foi acima de 99,97%.

 

Com ativos próprios e por meio de subsidiárias e participações, a CTEEP está em 14 estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins, Maranhão, Piauí, Paraíba e Pernambuco. A companhia possui participação em empresas constituídas, a partir da conquista dos leilões realizados desde 2007, para a prestação dos serviços públicos de transmissão de energia elétrica: 100% nas subsidiárias IEMG (Interligação Elétrica de Minas Gerais), Pinheiros (Interligação Elétrica Pinheiros) e na Serra do Japi (Interligação Elétrica Serra do Japi); 50% na IESul (Interligação Elétrica Sul); 51% na IEMadeira (Interligação Elétrica Madeira); e 25% na IENNE (Interligação Elétrica Norte e Nordeste).

 

Para 2012 já está aprovado o Plano de Investimentos Plurianual 2012-2014, com previsão acima de R$ 1,6 bilhão nesse período. Este ano, a companhia prevê aplicar R$ 645,2 milhões, sendo R$ 321,1 milhões direcionados ao atendimento da rede básica - considerando projetos de aumento de capacidade, construção de novas linhas e instalação de equipamentos provenientes de autorizações da ANEEL, como reforços, ampliações e manutenções no sistema, além de novas conexões, bem como aportes nas subsidiárias.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar