acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia elétrica

Consumo em SP cai 4,2%, em 2015. Indústria é responsável pela maior queda

29/02/2016 | 10h41

O Estado de São Paulo registrou em 2015 a maior queda no consumode energia dos últimos 14 anos. No ano passado, o Estado teve uma retração de 4,2% em relação ao ano anterior. Os dados fazem parte do Balanço Energético produzido pela Secretaria Estadual de Energia e Mineração.

A indústria registrou a maior queda, com recuo anual de 6,4%. Sóno mês de novembro, a baixa foi de 10,1%, em comparação com o mesmo mês de 2014.

Em seguida aparecem as áreas diversas (rural, iluminação pública, setor público e consumo próprio) com diminuição de 4,3%, o residencial com queda de 3,6% e por último o comercial, que teve variação negativa de 0,8%.

Para o secretário de Energia e Mineração, João Carlos de SouzaMeirelles, a queda de todos os indicadores de consumo de energia elétrica no Estado de São Paulo é resultado de uma combinação de três fatores. “São Paulo conta com o maior parque industrial, centro de carga e população do país. A forte desaceleração da economia nacional, o aumento do desemprego e a adoção de bandeirastarifárias refletiram diretamente no consumo de energia elétrica nos setores residencial, industrial e comercial”, explica.

O Estado de São Paulo consumiu 130.695 GWh no ano passado. Em2014, o consumo foi de 136.359 GWh.

Residencial  - O setor residencial consumiu 29,1% do total do Estado. Apenasjaneiro registrou alta, 7,9%. Os outros 11 meses apontaram retração, sendo que novembro foi o mês com a baixa mais forte, 7%.

Industria - A indústria, que responde por 37,4% do consumo de energia elétricano Estado, sofreu a maior queda. Os 12 meses registraram retração, sendo que novembro e dezembro foram as baixas mais significativas, com 10,1% e 8,9, respectivamente.

Comercial - O setor comercial manteve o consumo de energia praticamenteestável em 2015. Fevereiro foi o destaque negativo com queda de 4,8%, já junho apresentou a maior alta, 3,6%.

Série histórica - O Estado de São Paulo não registrava queda no consumo de energiaelétrica desde 2009, quando houve retração de 0,7%. Nos últimos 20 anos a maior diminuição do consumo aconteceu em 2001, com baixa de 9,4%. A maior taxa de crescimento aconteceu em 2010, 5,9% em relação ao ano anterior.

São Paulo x Brasil - Com o maior parque fabril da América Latina e mais de 44 milhõesde habitantes, o Estado de São Paulo consumiu 28,1% de toda aenergia elétrica utilizada no Brasil em 2015.

O setor comercial paulista representa o maior consumo nacional com32,5%, seguido pelo residencial, 29%, o industrial, 28,8%, e as áreas diversas, 19,7%.

No Brasil, a queda de consumo de energia foi maior também no setorindustrial com redução de 4,94%, seguido das residências com 0,62%, do comércio com 0,51% e dos demais setores com queda de 0,17%. No geral, a queda no consumo de energia elétrica foi de 1,96% no país, em 2015.

 



Fonte: Governo de São Paulo
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar