acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
XIII CBE

Congresso brasileiro de energia discute qualidade de vida

09/11/2010 | 08h27
 Congresso brasileiro de energia discute qualidade de vida
Congresso brasileiro de energia discute qualidade de vida Congresso brasileiro de energia discute qualidade de vida
Energia e qualidade de vida é o tema do XIII Congresso Brasileiro de Energia (CBE), promovido pela Coppe a partir de hoje (9), no Rio de Janeiro. Como atender à crescente demanda energética sem prejuízo ao meio ambiente, a importância do pré-sal para a economia brasileira, as fontes alternativas de geração de energia e a questão dos biocombustíveis serão alguns dos assuntos abordados. Considerado o principal fórum de discussões do setor, o XIII CBE também terá na pauta a necessidade mundial de adoção de energias limpas que minimizem o efeito estufa. O evento acontece até esta quinta-feira (11).


Já estão confirmadas na solenidade de abertura, as presenças de representantes do governo, agências e iniciativa privada como o presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) Odair Gonçalves; o diretor geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico Hermes Chipp; o presidente da Eletrobras José Antonio Muniz Lopes, o presidente da Petrobras Sérgio Gabrielli; o diretor técnico da Eletrobras Eletronuclear Luiz Soares; o presidente da COPEL Ronald Ravedutti, o presidente da MPX Eduardo Karrer; o presidente da INB Alfredo Tranjan; o diretor geral brasileiro da Itaipu Binacional Jorge Miguel Samek; além do presidente do Conselho de Energia da FIRJAN Armando Guedes Coelho, do coordenador do Programa de Planejamento Energético (PPE) da COPPE/UFRJ, Alexandre Salem Szklo e do diretor da COPPE/UFRJ, Luiz Pinguelli Rosa.


Estrelas do Congresso


O primeiro ônibus movido a hidrogênio desenvolvido com tecnologia nacional pela Coppe estará disponível para levar os participantes do CBE a um tour pela cidade. O ônibus, que não emite gases na atmosfera, deve ser uma das opções de transporte sustentável para a Copa do Mundo, em 2014, e as Olimpíadas, em 2016. A Itaipu Binacional também colocará em exposição o seu veículo elétrico, desenvolvido em parceria com a Fiat. Já a Eletronuclear mostrará seu mini gerador.


Durante o XIII CBE, a Coppe também comemora os 30 anos do seu Programa de Planejamento Energético (PPE). Levantamento recente mostrou que, dos mestres titulados no programa, 63% encontravam-se em empresas, consultorias especializadas ou órgãos de governo nas áreas de energia e meio ambiente e 18% permaneceram no meio acadêmico (no caso, doutorado). Entre os doutores formados, 53% atuam em empresas, consultorias especializadas ou órgãos de governo das áreas de energia e meio ambiente e 17% em universidades.


Do corpo docente do programa constam nomes de peso como Mauricio Tolmasquim, atual Presidente da Empresa Pesquisa Energética (EPE), e de Luiz Pinguelli Rosa, atual diretor da Coppe e ex-presidente da Eletrobras (2003/2004). Passaram pelas cadeiras de estudantes a atual Ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira e nomes de destaque na iniciativa privada como Jorge Soto, Diretor de Desenvolvimento Sustentável da Braskem, e Howard Geller, Diretor Executivo da Southwest Energy Efficiency Project (SWEEP), entre outros.


A produção acadêmica é outro ponto forte. Os dez professores que compõem hoje o corpo docente do programa já publicaram 388 artigos científicos e 357 livros, e apresentaram 488 trabalhos em congressos. Além disso, concluíram 328 supervisões e orientações de mestrado (iniciado em 1979) e 104 de doutorado (desde 1995).


Na comemoração dos 30 anos do PPE docentes e discentes que hoje ocupam cargos de destaque no governo e na iniciativa privada serão homenageados. Durante a solenidade de entrega dos 10 Melhores Trabalhos Publicados no CBE, será lançada uma revista com depoimentos sobre a importância do programa nas suas trajetórias profissionais.


Grandes temas


As discussões começam com um tema pungente já na primeira mesa redonda: os Desafios da Exploração do Pré Sal e Qualidade de Vida.  Em seguida, o apresentador e repórter da GloboNews André Trigueiro coordena a segunda mesa, sobre Mudanças Climáticas, Energia e Qualidade de vida, da qual participam, entre outros, o presidente da Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS) Israel Klabin e o secretário-executivo da Comissão Interministerial sobre Mudanças Climáticas/ MCT José Dominguez Miguez.


Importante subsídio para o novo presidente será o debate em torno do tema da mesa 3 Desenvolvimento Regional e Geração de Energia no Brasil, assim como a palestra de Waldir Gallo, assessor especial do diretor geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP) sobre Economia e Uso Eficiente da Energia. Outro assunto de destaque, devido a sua importância para geração de energia limpa, é tema da mesa 4: A Questão dos Biocombustíveis no Brasil.


Dia 11 tem início com a mesa 5 sobre o Planejamento da Expansão Energética no Brasil, que reunirá entre os debatedores o presidente da EPE Maurício Tolmasquim, o  Diretor da Operadora Nacional do Sistema Hermes J. Chipp, o chefe de gabinete da presidência da Eletronuclear Leonam dos Santos Guimarães e o presidente da Associação Brasileira de Geradoras Termelétricas Xisto Vieira Filho, entre outros. Em seguida, o diretor do Departamento Nacional de Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia (MME) Hamilton Moss fala sobre a situação e as perspectivas das Fontes Alternativas de Geração de Energia. Encerrando o CBE, a mesa 6 discute o Desenvolvimento Cientifico/Tecnológico e a Energia no Brasil, sob a coordenação de Maurício Cardoso Arouca (PPE/COPPE).


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar