acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Brasil e Noruega

Cobertura: Finep apoia eventos de promoção de tecnologias em petróleo e gás

11/03/2016 | 13h30
Cobertura: Finep apoia eventos de promoção de tecnologias em petróleo e gás
Divulgação Divulgação

Dois eventos de promoção da área de petróleo e gás tiveram apoio da Finep neste mês. O GOT 2016, promovido pela IEA – Agência Internacional de Energia -, que ocorreu nos dia 8 e 9, no Centro de Pesquisa Global da GE, e o workshop BN21, iniciativa da Innovation Norway, na sede do BNDES, ambos no Rio. Em novembro passado, a financiadora e a agência norueguesa lançaram um edital conjunto para projetos de cooperação entre empresas e instituições do Brasil e da Noruega - o prazo final para envio de propostas vai até 23/3. O diretor de Inovação da Finep, Pedricto Rocha Filho, e o superintendente da empresa na Área de Inovação em Indústria, Engenharia e Serviços, Maurício Alves Sryio, foram palestrantes no GOT.

O Programa de Colaboração sobre Tecnologias de Petróleo e Gás (GOT, na sigla em inglês), iniciado em 2013, foi criado para identificar as tecnologias e os fatores chave nas áreas regulatória e de políticas públicas, necessários para garantir o desenvolvimento mais seguro e sustentável do setor de petróleo e gás. O programa já realizou importantes conferências ao redor do mundo e acaba de completar um amplo estudo da indústria, revisando o valor das novas tecnologias em face aos desafios que a indústria enfrenta hoje. Representantes de governo da Austrália, Noruega, Suíça, Países Baixos e Estados Unidos participam desta iniciativa como membros do Comitê Executivo do GOT.

O foco do seminário da GOT 2016 no Rio de Janeiro foi a discussão de quais tecnologias serão essenciais para o desenvolvimento bem sucedido dos recursos offshore em águas profundas nos próximos dez anos, levando-se em consideração custos operacionais, preço de barril e a licença social para operação. Em sua fala, o diretor da Finep disse que “a inovação em águas profundas e no Pré-Sal continua uma prioridade central para o Brasil. A promoção de uma cadeia global de valor em petróleo e gás no País, que seja inovadora, é um grande desafio e o Pré-Sal uma grande oportunidade para consolidarmos essa questão”. No dia 10/3, em reunião na sede da Finep, o diretor Pedricto encontrou-se com representantes da GE e do governo da Noruega, membros da GOT, para trocar impressões sobre o workshop realizado e conversar sobre a possibilidade de a Finep integrar esta iniciativa.

Edital: R$ 10 milhões em subvenção econômica

Já o workshop BN21 reuniu empresários interessados em participar do edital conjunto lançado em novembro de 2015, pela Finep e o Research Council of Norway (RCN). No evento, os representantes das empresas puderam tirar dúvidas e discutir detalhes da chamada pública, primeira cooperação internacional da Finep a contar com recursos da subvenção econômica. A chamada é resultado do Acordo de Cooperação Internacional firmado em novembro de 2014. A ideia é estabelecer parcerias de cooperação entre empresas e instituições de pesquisa do Brasil e da Noruega. O prazo final para envio de propostas é dia 23/3.

Serão apoiados projetos elaborados em cooperação entre empresas brasileiras e norueguesas. Os resultados deverão promover o aprendizado e a transferência de tecnologia entre as empresas dos dois países. A Finep apoiará as empresas brasileiras, enquanto o Research Council apoiará as empresas norueguesas. O financiamento de cada empresa se dará respeitando as regras de concessão habituais das instituições financiadoras. O Research Council dará o apoio sob a forma de recursos não reembolsáveis, no montante de NOK 10 milhões (na data de hoje R$ 4,4 milhões) e a Finep, sob a forma de subvenção econômica, no montante total de R$ 5 milhões. Saiba mais detalhes do edital.

Noruega

Segundo o Mauricio Syrio, tanto o edital conjunto quanto os eventos recentes vêm demostrar “a constância da parceria estratégica entre a Noruega e o Brasil no desenvolvimento de tecnologias na área de óleo e gás, com participação da Finep, desde a assinatura do acordo de cooperação, em 2014 até a abertura de recentes conversas para futuras parcerias em outros setores”, diz.



Fonte: Assessoria Finep/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar