acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

China pode se tornar maior mercado exportador da UE, diz embaixador

06/02/2012 | 17h24
O embaixador da União Europeia para a China, Markus Ederer, disse hoje segunda-feira (6), que o país asiático pode se tornar o maior mercado exportador para o bloco este ano, superando os EUA. Os comentários foram feitos após o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, afirmar que o país está estudando um envolvimento maior nos fundos de resgate da zona do euro, alegando que a estabilidade na Europa é essencial para Pequim.

"Existem indícios de que em 2012 a China pode se tornar o maior mercado exportador da Europa", afirmou Ederer. "As exportações europeias estão crescendo em um ritmo maior do que as importações de produtos chineses", acrescentou, explicando que sua previsão é baseada nas atuais tendências de comércio.

A UE é o maior mercado de exportação da China há muito tempo, mas Pequim cada vez mais está tentando reduzir sua dependência das exportações e se focar mais na demanda interna, o que pode levar a um aumento nas importações.

Após conversas com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, na semana passada, o premiê chinês afirmou que o país estava "investigando e avaliando" maneiras de se envolver mais profundamente no combate à crise da dívida na Europa. Depois, durante uma visita a um centro industrial na província de Cantão, ele disse a empresários locais que a Europa é importante para a China.

"Ajudar a estabilidade nos mercados europeus é na verdade uma forma de ajudar a nós mesmos", comentou Wen.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar