acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Atuação internacional garante estabiliade da produção

16/03/2005 | 00h00

A produção da Petrobras em fevereiro foi de aproximadamente 2 milhões de barris de óleo equivalente por dia e manteve-se estável em relação ao mês anterior. A produção de petróleo nos campos nacionais foi 0,6% inferior a janeiro de 2005 e a produção de gás no Brasil também foi reduzida em 2,1%. No exterior a produção se manteve praticamente estável. 
A produção média de petróleo e gás natural da Petrobras em fevereiro, no Brasil e no exterior, foi de aproximadamente 2 milhões de barris  de  óleo  equivalente (BOE) por dia. O resultado indica um aumento de 3,3% em relação a janeiro de 2004, mantendo-se estável em relação ao mês anterior.
Considerados apenas os campos nacionais, a produção de óleo e gás chegou a cerca de 1,8 milhão de barris (BOE)/dia, 3,3% maior do que a registrada em fevereiro de 2004. Nesta  mesma unidade, a produção internacional de óleo e gás natural proveniente dos oito países  onde a Petrobras mantém ativos de produção somou em fevereiro mais de 260 mil barris/dia, estável em relação ao mês anterior e ao volume produzido em fevereiro de 2004.
A produção de petróleo, somente em campos nacionais, foi de pouco mais de 1,5 milhão de     barris por dia, 0,6% menor do que o volume produzido em janeiro 2005. Esta diferença é atribuída à parada geral programada da plataforma P-19 no campo de Marlim, iniciada em 26 de fevereiro e que termina nesta quarta-feira (16/03), para manutenção preventiva e corretiva de equipamentos nos sistemas de coleta e tratamento.
Em relação a fevereiro de 2004 a produção foi 3,9% maior. A produção de gás natural dos campos situados no País foi de 41,7 milhões de metros cúbicos diários, 2,1% menor do que o  total de janeiro. Em relação a fevereiro de 2004, a produção manteve-se praticamente inalterada.
No dia 28 de fevereiro de 2005 entrou em operação, no campo de Caratinga, a plataforma P-48 cujo pico de produção, de 150 mil barris/dia de petróleo, deverá ser atingido ainda em 2005.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar