acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Combustíveis

ANP: Consumo no Brasil cresceu 5%

12/03/2014 | 11h46
ANP: Consumo no Brasil cresceu 5%
TN Petróleo TN Petróleo

 

As vendas de combustíveis no mercado brasileiro em 2013 totalizaram 136,210 bilhões de litros, o que representa um aumento de 5,0% em relação aos 129,677 bilhões de litros registrados em 2012. Os dados foram divulgados hoje (12) no IX Seminário de Avaliação do Mercado de Derivados de Petróleo e Biocombustíveis da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizado no escritório central da Agência, no Rio de Janeiro.
Houve aumento de 4,6% na comercialização de óleo diesel na comparação entre 2012 e 2013, de 55,900 bilhões de litros para 58,489 bilhões de litros. O aumento nas vendas de biodiesel foi de 5,9%, de 2,762 bilhões de litros em 2012, para 2,924 bilhões de litros em 2013.
A comercialização de gasolina C foi de 41,365 bilhões de litros, um aumento de 4,2% em relação aos 39,698 bilhões de litros relativos a 2012. Com o aumento do teor de adição de etanol anidro à gasolina A (para composição da gasolina C vendida ao consumidor) de 20% para 25% em maio de 2013, a demanda de etanol anidro automotivo aumento 30,2%.
Além disso, o consumo de etanol hidratado, que havia sido de 9,850 bilhões de litros em 2012, aumentou para 10,788 bilhões de litros em 2013, o equivalente a um crescimento de 9,5%. O etanol total (soma de anidro e hidratado) teve elevação de 18,8% em 2013 frente a 2012, de 17,790 bilhões de litros para 21,129 bilhões de litros.
Ainda segundo os dados divulgados pela ANP, as vendas de gás liquefeito de petróleo (GLP) aumentaram 2,7%, de 12,926 bilhões de litros para 13,276 bilhões de litros. O querosene de aviação (QAV) teve sua comercialização reduzida em 0,9%, de 7,292 bilhões de litros para 7,225 bilhões de litros. No óleo combustível houve alta de 26,8%, de 3,934 bilhões de litros para 4,990 bilhões de litros. O gás natural veicular (GNV), por fim, apresentou redução de 3,7% do volume comercializado, passando de 5,320 milhões de m³/dia para 5,125 milhões de m³/dia.

As vendas de combustíveis no mercado brasileiro em 2013 totalizaram 136,210 bilhões de litros, o que representa um aumento de 5% em relação aos 129,677 bilhões de litros registrados em 2012. Os dados foram divulgados hoje (12) no IX Seminário de Avaliação do Mercado de Derivados de Petróleo e Biocombustíveis da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), realizado no escritório central da Agência, no Rio de Janeiro.

Houve aumento de 4,6% na comercialização de óleo diesel na comparação entre 2012 e 2013, de 55,900 bilhões de litros para 58,489 bilhões de litros. O aumento nas vendas de biodiesel foi de 5,9%, de 2,762 bilhões de litros em 2012, para 2,924 bilhões de litros em 2013.

A comercialização de gasolina C (com adição de etanol anidro) foi de 41,365 bilhões de litros, um aumento de 4,2% em relação aos 39,698 bilhões de litros relativos a 2012. Com o aumento do teor de adição de etanol anidro à gasolina A (para composição da gasolina C vendida ao consumidor) de 20% para 25% em maio de 2013, a demanda de etanol anidro automotivo aumento 30,2%.

Além disso, o consumo de etanol hidratado (utilizado pelos veículos flex), que havia sido de 9,850 bilhões de litros em 2012, aumentou para 10,788 bilhões de litros em 2013, o equivalente a um crescimento de 9,5%. O etanol total (soma de anidro e hidratado) teve elevação de 18,8% em 2013 frente a 2012, de 17,790 bilhões de litros para 21,129 bilhões de litros. No óleo combustível houve alta de 26,8%, de 3,934 bilhões de litros para 4,990 bilhões de litros.

"O crescimento dos combustíveis tem pressionado a infraestrutura do país para armazenamento e distribuição desses produtos. Em 2013 tivemos problemas 'pontuais e regionais' de distribuição e abastecimento. Há um crescimento forte no setor, mas os investimentos em infraestrutura por exemplo são aquém da realidade", afirmou Florival Carvalho, diretor da ANP. 

GLP

Ainda segundo os dados divulgados pela ANP, as vendas de gás liquefeito de petróleo (GLP) aumentaram 2,7%, de 12,926 bilhões de litros para 13,276 bilhões de litros. Segundo Rubens Freitas, gerente de autorizações da Superintendência de Abastecimento da ANP, o consumo de GLP P13 (botijão de 13 kg) nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste é maior do que o consumo de outros Ps e Granel.

"O efeito inverso ocorre nas regiões Sudeste e Sul. Isso se explica pelo uso do GLP a granel na indústria e pela presença do gás natural em substituição ao P13 nos grandes centros urbanos", detalhou.

Queda em QAV e GNV

Os únicos dois derivados a presentar redução de consumo foram o querosene de aviação (QAV), que teve a sua comercialização reduzida em 0,9%, de 7,2 bilhões para 7,2 bilhões de litros; e o gás natural veicular (GNV), que teve redução ainda maior de 3,7% do volume comercializado, passando de 5,320 milhões de m³/dia para 5,125 milhões de m³/dia.

Perspectiva 2014

"É muito cedo para estimarmos o desempenho dos combustíveis para 2014, mas a tendência do mercado deste ano é que ele deve estar muito parecido com o de 2013. 2012 foi um ano excepcional, onde o diesel cresceu quase 12% e a gasolina quase 9%. Esse ano deve haver uma variação menor mas com a mesma necessidade de importação de óleo e diesel e gasolina para atender a demanda interna", explicou Aurélio Amaral, superintendente de Abastecimento da ANP. 

Amaral comentou ainda que a nova resolução para o exercício da atividade de distribuição de combustíveis líquidos encontra-se em fase final de elaboração. Com relação a regulamentação, em 2013 foram sete atos publicados (resoluções), dentre eles a autorização para revenda varejista e formação de estoques semanais médios de combustíveis.  

*Na foto: Gerente de Autorizações da Superintendência de Abastecimento, Rubens Freitas.



Fonte: Redação TN/ Ascom ANP
Autor: Maria Fernanda Romero
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar