acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás natural

Anderson Lehmkuhl é o novo presidente da SCGÁS e assume com foco na aceleração dos investimentos

28/01/2019 | 10h23

Natural de Itajaí e há quase 15 anos atuando em diversas áreas da SCGÁS, o engenheiro mecânico e mestre em ciências térmicas pela UFSC, Willian Anderson Lehmkuhl (40), assumiu dia 24 a presidência da companhia.

Na distribuidora, Willian enquanto empregado concursado atuou na Gerência Comercial, coordenou a área de Tecnologia do Gás e geriu a Assessoria de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da empresa. Indicado pela Abegás ocupa a vice-presidência do Comitê de Utilização da International Gas Union, associação global destinada a promover o progresso político, técnico e econômico da indústria do gás natural.

Entre as principais metas apresentadas pelo novo presidente no seu primeiro dia de gestão está a realização da reestruturação da empresa com o objetivo de gerar maior eficiência administrativa, a consolidação da implantação do projeto piloto de redes isoladas em Lages, visando criar uma ferramenta que acelere a interiorização da oferta do gás a novas regiões, e a continuidade da execução do projeto Serra Catarinense, que levará o gás natural de Indaial a Lages – atualmente a rede está em Rio do Sul.

A SCGÁS aprovou no seu orçamento do atual exercício R$ 52 milhões para investimentos em novos projetos, quase o triplo do exercício anterior. O novo presidente ressalta a importância de focar na realização total do plano orçamentário: “Não podemos perder tempo, precisamos dar dinamismo para a empresa. Este ano teremos recursos e acelerar a execução do que está aprovado é uma obrigação”. Quanto a sua forma de gestão Willian foi enfático: “só consigo trabalhar com diálogo, para promover soluções criativas frente a problemas complexos”.

Outro importante desafio é na área de suprimento. A empresa possui um único contrato de compra de gás assinado em 1995 com a Petrobras que vence em março de 2020. Visando se adaptar a nova realidade do mercado, a SCGÁS realiza chamada pública que encerra no final deste mês para aquisição do insumo. “Temos um processo construído e amadurecido, coordenado com mais quatro distribuidoras com foco em fomentar a concorrência de potenciais fornecedores. O gás natural é um fundamental fator de desenvolvimento e por isso deve ser competitivo e acessível ao mercado”, conclui o novo presidente.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar