acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

AIE vê baixo crescimento na demanda por petróleo e boa oferta em 2013

12/12/2012 | 11h26

 

A demanda global por petróleo será pouco aquecida ao longo de 2013, com a fraca expansão da economia, disse a principal agência de energia do Ocidente nesta quarta-feira (12), prevendo também níveis confortáveis de oferta do petróleo, a qual pode aliviar a pressão sobre os preços da commodity para os consumidores.
"O crescimento da demanda global deve ficar relativamente baixo ao longo de 2013, com base no pressuposto de uma baixa expansão econômica global", disse a Agência Internacional de Energia (AIE), em seu relatório mensal.
A entidade projetou um crescimento da demanda global para 2013 de 865 mil barris por dia, 110 mil bpd acima do previsto no relatório anterior, elevando o consumo para uma média de 90,5 milhões de barris por dia.
Sobre a oferta, a AIE prevê um crescimento espetacular na produção dos EUA, com suporte do avanço do petróleo de xisto, o qual será um dos maiores desenvolvimentos para o mercado em 2013. Os EUA vão contribuir fortemente para um aumento agregado de produção de fora da Opep de 890 mil bpd, para 54,2 milhões de bpd em 2013, disse a agência.
A AIE também afirmou que sua estimativa para a demanda por petróleo da Opep ficou inalterada para 2013 em 29,9 milhões de barris por dia, bem acima da atual produção do grupo, de 31,22 milhões em novembro.
Reunidos em Viena, delegados da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concordaram nesta quarta-feira em manter seu limite de produção de petróleo inalterado em 30 milhões de barris por dia.

A demanda global por petróleo será pouco aquecida ao longo de 2013, com a fraca expansão da economia, disse a principal agência de energia do Ocidente nesta quarta-feira (12), prevendo também níveis confortáveis de oferta do petróleo, a qual pode aliviar a pressão sobre os preços da commodity para os consumidores.


"O crescimento da demanda global deve ficar relativamente baixo ao longo de 2013, com base no pressuposto de uma baixa expansão econômica global", disse a Agência Internacional de Energia (AIE), em seu relatório mensal.


A entidade projetou um crescimento da demanda global para 2013 de 865 mil barris por dia, 110 mil bpd acima do previsto no relatório anterior, elevando o consumo para uma média de 90,5 milhões de barris por dia.


Sobre a oferta, a AIE prevê um crescimento espetacular na produção dos EUA, com suporte do avanço do petróleo de xisto, o qual será um dos maiores desenvolvimentos para o mercado em 2013. Os EUA vão contribuir fortemente para um aumento agregado de produção de fora da Opep de 890 mil bpd, para 54,2 milhões de bpd em 2013, disse a agência.


A AIE também afirmou que sua estimativa para a demanda por petróleo da Opep ficou inalterada para 2013 em 29,9 milhões de barris por dia, bem acima da atual produção do grupo, de 31,22 milhões em novembro.


Reunidos em Viena, delegados da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) concordaram nesta quarta-feira em manter seu limite de produção de petróleo inalterado em 30 milhões de barris por dia.



Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar