acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Aços Saccheli fecha 2011 com 30% de crescimento

09/01/2012 | 09h54
Superando as expectativas, a Aços F.Sacchelli, maior distribuidora de aços especiais para construção mecânica do Brasil, anunciou que fechou o ano de 2011 com crescimento de 30% em volume em relação a 2010.

Segundo Wagner Sacchelli, diretor da empresa, grande parte desse sucesso se deve aos investimentos realizados que se mostraram acertados no decorrer dos últimos anos. “Os recursos alocados em infraestrutura e nas novas unidades de distribuição em Jacareí e Santos, além de ampliar nossos negócios na Vila Prudente, desafogaram a nossa matriz em Guarulhos, o que nos permitiu ter maior capacidade de atender as demandas exigidas pelos clientes” explica Sacchelli. A empresa informa que cumpriu todas as metas de investimentos em expansão projetadas para o ano, que superaram a casa dos R$ 35 milhões.

A distribuição exclusiva no Brasil de aços produzidos pela usina italiana ABS, e de outras usinas de primeirissima linha dos mais diversos locais do mundo, também foi um dos fatores para a superação das metas do ano, comenta o empresário. “Embora tenhamos atingido todos os objetivos numéricos definidos para 2011, um objetivo técnico, a nosso ver, foi o mais gratificante e, com absoluta certeza, o que mais chamou nossa atenção: entregamos mais de 30 mil toneladas de aços importados ao mercado sem uma única reclamação sequer quanto a qualidade, um fato sem precedentes na história de nossa empresa”.

Segundo Sacchelli, esse resultado só vem confirmar que a estratégia iniciada em 2007, visando identificar e qualificar usinas fornecedoras de primeira linha no mercado externo foi realizado com êxito total. “Nossos clientes estão cada dia mais conscientes de que existem os ótimos, bons e péssimos produtos em qualquer lugar do mundo. O que eles analisam são fatos e dados, qualidade, preço e entrega, não importa se o produto é oriundo do mercado externo ou não”, enfatiza Sacchelli.

De acordo com o executivo a importação de aço só contribui para equilibrar o mercado interno e a companhia continuará apostando em mesclar sua distribuição de usinas locais e do exterior em 2012.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar