acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Bolívia

YPFB precisa de US$ 800 mi para atender novos contratos

02/10/2006 | 00h00

A YPFB, a estatal boliviana de energia, anunciou que pode cumprir os contratos atuais de fornecimento de gás para o Brasil e a Argentina, mas que precisará de US$ 800 milhões de investimentos externos pelos próximos três anos para atender a novas demandas por combustível.

O presidente da empresa, Juan Carlos Ortiz, afirmou na sexta-feira que a YPFB "cumprirá todos os contratos em vigor com os mercados interno e externo".

No início da semana passada, a Câmara de Hidrocarbonetos da Bolívia havia dito que a produção de gás já havia alcançado seu teto. E que era improvável que investimentos externos, necessários para o aumento da produção, chegassem ao país devido às incertezas provocadas pela nacionalização do setor promovida presidente Evo Morales.

Ortiz classificou a avaliação da câmara como "imprecisa, incompleta e distorcida" e sugeriu que Brasil e Argentina, principais clientes da Bolívia, poderiam fornecer os investimentos para garantir a expansão da empresa.



Fonte: Valor Econômico/Ass
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar