acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Inovação

XIII Conferência ANPEI começa neta segunda-feira

31/05/2013 | 17h58

A XIII Conferência Anpei, que se realiza entre os dias 3 e 5 de junho no Centro de Convenções de Vitória, capital do Espírito Santo, vai debater o tema “Inovação Competitiva e Aberta: Transformando o Brasil”. Uma das características desta nova forma de gerir a inovação será apresentada pelo físico Chris Anderson, autor do best seller A Cauda Longa, e keynote speaker do evento. Estão também confirmadas as presenças do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, e do governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, na cerimonia de abertura.

 

Segundo o coordenador geral da XIII Conferência Anpei, Mario Barra, as discussões seguirão duas vertentes. “A primeira vai tratar da urgência e foco do ganho de competitividade por meio da inovação e da agregação de valor local”, explicou. “A segunda vai tratar da inovação aberta, em que as empresas e instituições de ciência e tecnologia interagem e atuam em rede na atual sociedade do conhecimento. Nesse sentido, a apresentação de Chris Anderson vem para trazer uma nova perspectiva para nossas empresas e instituições”, completou.

 

Além de escritor, Chris Anderson é empreendedor. Deixou de ser editor chefe de uma das principais publicações de tecnologia do mundo, a Wired, depois de 12 anos à frente da revista, para se dedicar à empresa de robótica 3DRobotics. Em seu livro mais conhecido, A Cauda Longa, ele demonstrou como a internet amplificou as possibilidades de se inovar e fazer negócios para nichos de mercado, estratégia adotada com sucesso por empresas como Amazon e Apple.

 

Anderson publicou dois novos trabalhos recentemente. Em Free, que distribuiu gratuitamente pela internet, descreve o modelo de negócios propiciado pela internet. Em Makers – A Nova Revolução Industrial, aborda o impacto da popularização da internet na fabricação de produtos, citando tecnologias como as impressoras 3D, que possibilitam a produção de peças e outros elementos e que revolucionam os conceitos de produto e de produção.

 

Primeiro dia

 

A XIII Conferência Anpei começa na segunda-feira, 3 de junho, com o Workshop Sebrae. O tema é “Inovação Competitiva e Aberta”, aplicado ao contexto das micro e pequenas empresas. A abertura será feita por José Eugênio Vieira, diretor superintendente do Sebrae/ES, Carlos Alberto dos Santos, diretor técnico do Sebrae Nacional, além do presidente da Anpei, Carlos Calmanovici, e do secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (SECTTI), Jadir Péla.

 

Haverá também uma palestra sobre o “Sebrae e o Desafio da Inovação no Brasil”, que será apresentada por Santos. Na sequência serão mostrados os cases bem-sucedidos dos programas Sebrae de Incentivo à Inovação das empresas Aplysia, Columbia, Zaruc e Janus. A programação da manhã se encerra com a palestra “Inovação, Produtividade e Competitividade”, com Clemente Nóbrega.

 

A tarde do dia 3 começa com a solenidade de abertura da Conferência, da qual participam o presidente da Anpei, Carlos Calmanovici, o ministro Marco Antonio Raupp, e o governador do Estado do Espírito Santo Renato Casagrande. Em seguida, representantes de instituições dos sistemas nacional e estadual de inovação vão expor sua visão sobre os desafios de inovar no Brasil. Participam deste painel o vice-presidente da Anpei, Guilherme Marco de Lima, o presidente da Finep, Glauco Arbix, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), Marcos Guerra, o titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (SECTTI-ES), Jadir Péla, e representantes do BNDES e do Sebrae Nacional.

 

O primeiro dia termina com o painel de empresários, que vai apresentar a visão do setor privado sobre mesmo tema. O painel será moderado por Pedro Wongtschowski, presidente do Conselho Superior da Anpei, e reunirá representantes de grandes empresas inovadoras do Espírito Santo – Fibria, Samarco e ArcelorMittal, além de Humberto Freitas, diretor da Vale. A seguir haverá o coquetel de abertura da Conferência.

 

Segundo dia

 

O dia 4 de junho terá a manhã dedicada às apresentações dos Comitês Temáticos da Anpei. Serão apresentadas as melhores práticas em gestão da propriedade intelectual, em gestão centros de P&D, e na relação das empresas com os institutos de ciência e tecnologia. Desde 2006, a Anpei mantém esses comitês, constituídos por gestores de inovação de empresas, para discutir as melhores práticas em uma área específica, de modo a consolidar as informações e compartilhá-las com outras empresas.

 

A apresentação é dividida em duas partes. Na primeira, os palestrantes farão um histórico com a evolução dos grupos e as principais realizações, e uma apresentação do trabalho realizado no Encontro Especial dos Comitês, que reuniu os membros dos três Comitês para discutir aspectos que envolvem a interação entre institutos de pesquisa e universidades públicos e privados e as empresas. O Encontro ocorreu no Rio de Janeiro, em setembro de 2012.

 

Na segunda parte haverá uma palestra do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e outra com a diretora de marketing da Cambridge Enterprise, Shirley Jamieson. A Cambridge Enterprise é uma empresa subsidiária da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, responsável por gerenciar os acordos de comercialização de tecnologias da universidade, os serviços de consultoria e o gerenciamento de fundos de capital semente que apoiam novos empreendimentos.

 

Às 14h começa a palestra sobre a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que terá R$ 1 bilhão do governo federal em 2013 e 2014 para investir em projetos de inovação de empresas feitos em parceria com laboratórios de pesquisa de institutos, universidades e unidades Senai credenciados para integrar o sistema. A Embrapii é uma instituição que promove e apoia as iniciativas em inovação aberta das empresas, justamente o tema geral da XIII Conferência Anpei.

 

Representantes das entidades que participam do projeto piloto da Embrapii vão falar da experiência para os presentes. Participam do piloto o Instituto Nacional de Tecnologia (INT/MCTI), do Rio de Janeiro, do Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), de São Paulo, e o Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia (Cimatec), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A moderação é de Paulo Mol, diretor da Anpei e diretor de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

 

Um dos momentos mais importantes da XIII Conferência Anpei será a apresentação do keynote speaker, o físico inglês Chris Anderson, autor do prestigiado livro A Cauda Longa. Sua palestra no dia 4 de junho será das 14h45 às 16h, com 30 minutos para debate. Ex-editor de uma das mais importantes revistas de tecnologia do mundo, a Wired, Anderson agora cuida da sua empresa, a 3D Robotics, que vende componentes para montagem de robôs, utilizando sua ideia de que a próxima “Cauda Longa” vai permitir que as pessoas sejam capazes de fabricar produtos em sua casa.

 

A última atividade do segundo dia da XIII Conferência Anpei é a apresentação dos Cases de Destaque. Os três escolhidos passaram por um processo de seleção que envolveu mais de 80 cases inscritos no Call for Cases. A Fibria vai mostrar como um processo inovador, de micropropagação para obtenção de clones de eucalipto, ajudou a empresa ser a maior produtora mundial de celulose a partir desse vegetal, e a deter 30% do mercado. A Mahle Metal Leve mostrará uma inovação de produto com anéis de pistão recobertos de camadas alternadas de nanoesferas de carbono e de cerâmica. A tecnologia, feita por uma equipa brasileira, resultou em anéis com uma durabilidade três vezes maior que os convencionais. Já a Natura apresentará seu modelo de gestão em inovação aberta com o Portal Natura Campus, por meio do qual a empresa mantém relacionamento com 1.100 integrantes de 28 universidades, e já recebeu propostas de 327 projetos de novos produtos e processos.

 

Terceiro dia

 

O último dia da XIII Conferência Anpei será destinado ao compartilhamento do conhecimento, por meio da apresentação de 32 casos de inovação. As apresentações ocorrerão de forma simultânea em quatro salas. Diferentemente das conferências anteriores, neste ano destacaram-se muitos casos que utilizaram a ferramenta de “roadmap” tecnológico, possivelmente um procedimento que caracteriza a nova geração de gestão da inovação.

 

Os casos mostram a criatividade e as inovações produzidas pelas empresas do Brasil, como o uso de gases de escapamento de motocicletas para dispersão de inseticida no combate ao mosquito da dengue; de um novo fármaco feito a partir de substâncias do cogumelo que promete um tratamento menos invasivo da leishmaniose; de um compressor compacto e de rotação variável, regulável conforme a necessidade de refrigeração, e de um sistema de aquecimento do etanol que dispensa o uso do tanquinho de gasolina nas partidas a frio de motores flex, entre outros exemplos.

 

O encerramento do evento se dará às 14h, com a leitura da “Carta de Vitória”. O documento consolidará as reflexões e os debates dos dois mil participantes aguardados para a Conferência. Sinalizará aperfeiçoamentos na gestão, tendências da inovação tecnológica e propostas de melhorias na política pública de apoio à ciência, tecnologia e inovação.

 

Para fazer a inscrição para participar da XIII Conferência Anpei e ver as novidades sobre o evento, confira o site http://www.anpei.org.br/xiiiconferencia/ ou o hotsite http://www.anpei.org.br/xiiiconferencia/hotsite/, voltado para dispositivos móveis.A XIII Conferência Anpei, que se realiza entre os dias 3 e 5 de junho no Centro de Convenções de Vitória, capital do Espírito Santo, vai debater o tema “Inovação Competitiva e Aberta: Transformando o Brasil”. Uma das características desta nova forma de gerir a inovação será apresentada pelo físico Chris Anderson, autor do best seller A Cauda Longa, e keynote speaker do evento. Estão também confirmadas as presenças do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, e do governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, na cerimonia de abertura.

 

Segundo o coordenador geral da XIII Conferência Anpei, Mario Barra, as discussões seguirão duas vertentes. “A primeira vai tratar da urgência e foco do ganho de competitividade por meio da inovação e da agregação de valor local”, explicou. “A segunda vai tratar da inovação aberta, em que as empresas e instituições de ciência e tecnologia interagem e atuam em rede na atual sociedade do conhecimento. Nesse sentido, a apresentação de Chris Anderson vem para trazer uma nova perspectiva para nossas empresas e instituições”, completou.

 

Além de escritor, Chris Anderson é empreendedor. Deixou de ser editor chefe de uma das principais publicações de tecnologia do mundo, a Wired, depois de 12 anos à frente da revista, para se dedicar à empresa de robótica 3DRobotics. Em seu livro mais conhecido, A Cauda Longa, ele demonstrou como a internet amplificou as possibilidades de se inovar e fazer negócios para nichos de mercado, estratégia adotada com sucesso por empresas como Amazon e Apple.

 

Anderson publicou dois novos trabalhos recentemente. Em Free, que distribuiu gratuitamente pela internet, descreve o modelo de negócios propiciado pela internet. Em Makers – A Nova Revolução Industrial, aborda o impacto da popularização da internet na fabricação de produtos, citando tecnologias como as impressoras 3D, que possibilitam a produção de peças e outros elementos e que revolucionam os conceitos de produto e de produção.

 

Primeiro dia

 

A XIII Conferência Anpei começa na segunda-feira, 3 de junho, com o Workshop Sebrae. O tema é “Inovação Competitiva e Aberta”, aplicado ao contexto das micro e pequenas empresas. A abertura será feita por José Eugênio Vieira, diretor superintendente do Sebrae/ES, Carlos Alberto dos Santos, diretor técnico do Sebrae Nacional, além do presidente da Anpei, Carlos Calmanovici, e do secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (SECTTI), Jadir Péla.

 

Haverá também uma palestra sobre o “Sebrae e o Desafio da Inovação no Brasil”, que será apresentada por Santos. Na sequência serão mostrados os cases bem-sucedidos dos programas Sebrae de Incentivo à Inovação das empresas Aplysia, Columbia, Zaruc e Janus. A programação da manhã se encerra com a palestra “Inovação, Produtividade e Competitividade”, com Clemente Nóbrega.

 

A tarde do dia 3 começa com a solenidade de abertura da Conferência, da qual participam o presidente da Anpei, Carlos Calmanovici, o ministro Marco Antonio Raupp, e o governador do Estado do Espírito Santo Renato Casagrande. Em seguida, representantes de instituições dos sistemas nacional e estadual de inovação vão expor sua visão sobre os desafios de inovar no Brasil. Participam deste painel o vice-presidente da Anpei, Guilherme Marco de Lima, o presidente da Finep, Glauco Arbix, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), Marcos Guerra, o titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho (SECTTI-ES), Jadir Péla, e representantes do BNDES e do Sebrae Nacional.

 

O primeiro dia termina com o painel de empresários, que vai apresentar a visão do setor privado sobre mesmo tema. O painel será moderado por Pedro Wongtschowski, presidente do Conselho Superior da Anpei, e reunirá representantes de grandes empresas inovadoras do Espírito Santo – Fibria, Samarco e ArcelorMittal, além de Humberto Freitas, diretor da Vale. A seguir haverá o coquetel de abertura da Conferência.

 

Segundo dia

 

O dia 4 de junho terá a manhã dedicada às apresentações dos Comitês Temáticos da Anpei. Serão apresentadas as melhores práticas em gestão da propriedade intelectual, em gestão centros de P&D, e na relação das empresas com os institutos de ciência e tecnologia. Desde 2006, a Anpei mantém esses comitês, constituídos por gestores de inovação de empresas, para discutir as melhores práticas em uma área específica, de modo a consolidar as informações e compartilhá-las com outras empresas.

 

A apresentação é dividida em duas partes. Na primeira, os palestrantes farão um histórico com a evolução dos grupos e as principais realizações, e uma apresentação do trabalho realizado no Encontro Especial dos Comitês, que reuniu os membros dos três Comitês para discutir aspectos que envolvem a interação entre institutos de pesquisa e universidades públicos e privados e as empresas. O Encontro ocorreu no Rio de Janeiro, em setembro de 2012.

 

Na segunda parte haverá uma palestra do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e outra com a diretora de marketing da Cambridge Enterprise, Shirley Jamieson. A Cambridge Enterprise é uma empresa subsidiária da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, responsável por gerenciar os acordos de comercialização de tecnologias da universidade, os serviços de consultoria e o gerenciamento de fundos de capital semente que apoiam novos empreendimentos.

 

Às 14h começa a palestra sobre a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que terá R$ 1 bilhão do governo federal em 2013 e 2014 para investir em projetos de inovação de empresas feitos em parceria com laboratórios de pesquisa de institutos, universidades e unidades Senai credenciados para integrar o sistema. A Embrapii é uma instituição que promove e apoia as iniciativas em inovação aberta das empresas, justamente o tema geral da XIII Conferência Anpei.

 

Representantes das entidades que participam do projeto piloto da Embrapii vão falar da experiência para os presentes. Participam do piloto o Instituto Nacional de Tecnologia (INT/MCTI), do Rio de Janeiro, do Instituto de Pesquisa Tecnológica (IPT), de São Paulo, e o Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia (Cimatec), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). A moderação é de Paulo Mol, diretor da Anpei e diretor de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

 

Um dos momentos mais importantes da XIII Conferência Anpei será a apresentação do keynote speaker, o físico inglês Chris Anderson, autor do prestigiado livro A Cauda Longa. Sua palestra no dia 4 de junho será das 14h45 às 16h, com 30 minutos para debate. Ex-editor de uma das mais importantes revistas de tecnologia do mundo, a Wired, Anderson agora cuida da sua empresa, a 3D Robotics, que vende componentes para montagem de robôs, utilizando sua ideia de que a próxima “Cauda Longa” vai permitir que as pessoas sejam capazes de fabricar produtos em sua casa.

 

A última atividade do segundo dia da XIII Conferência Anpei é a apresentação dos Cases de Destaque. Os três escolhidos passaram por um processo de seleção que envolveu mais de 80 cases inscritos no Call for Cases. A Fibria vai mostrar como um processo inovador, de micropropagação para obtenção de clones de eucalipto, ajudou a empresa ser a maior produtora mundial de celulose a partir desse vegetal, e a deter 30% do mercado. A Mahle Metal Leve mostrará uma inovação de produto com anéis de pistão recobertos de camadas alternadas de nanoesferas de carbono e de cerâmica. A tecnologia, feita por uma equipa brasileira, resultou em anéis com uma durabilidade três vezes maior que os convencionais. Já a Natura apresentará seu modelo de gestão em inovação aberta com o Portal Natura Campus, por meio do qual a empresa mantém relacionamento com 1.100 integrantes de 28 universidades, e já recebeu propostas de 327 projetos de novos produtos e processos.

 

Terceiro dia

 

O último dia da XIII Conferência Anpei será destinado ao compartilhamento do conhecimento, por meio da apresentação de 32 casos de inovação. As apresentações ocorrerão de forma simultânea em quatro salas. Diferentemente das conferências anteriores, neste ano destacaram-se muitos casos que utilizaram a ferramenta de “roadmap” tecnológico, possivelmente um procedimento que caracteriza a nova geração de gestão da inovação.

 

Os casos mostram a criatividade e as inovações produzidas pelas empresas do Brasil, como o uso de gases de escapamento de motocicletas para dispersão de inseticida no combate ao mosquito da dengue; de um novo fármaco feito a partir de substâncias do cogumelo que promete um tratamento menos invasivo da leishmaniose; de um compressor compacto e de rotação variável, regulável conforme a necessidade de refrigeração, e de um sistema de aquecimento do etanol que dispensa o uso do tanquinho de gasolina nas partidas a frio de motores flex, entre outros exemplos.

 

O encerramento do evento se dará às 14h, com a leitura da “Carta de Vitória”. O documento consolidará as reflexões e os debates dos dois mil participantes aguardados para a Conferência. Sinalizará aperfeiçoamentos na gestão, tendências da inovação tecnológica e propostas de melhorias na política pública de apoio à ciência, tecnologia e inovação.

 

Para fazer a inscrição para participar da XIII Conferência Anpei e ver as novidades sobre o evento, confira o site http://www.anpei.org.br/xiiiconferencia/ ou o hotsite http://www.anpei.org.br/xiiiconferencia/hotsite/, voltado para dispositivos móveis.



Fonte: ANPEI
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar