acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Workshop debate nanotecnologia aplicada à indústria do plástico

28/09/2011 | 17h22
O workshop Nanotecnologias: da ciência ao mundo dos negócios, acontece no Senai de São Bernardo do Campo no dia 3 de outubro. Idealizado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), o evento pretende estimular uma interação real entre empresas e academia na área de Nanotecnologia.

“Em 2006, por meio da Estratégia Nacional de Nanotecnologia, a ABDI iniciou um processo de articulação com as instituições de pesquisas brasileiras e com a indústria nacional. A Agência vem apoiando as agendas estratégicas setoriais para o desenvolvimento, difusão e utilização das Nanotecnologias no Brasil, envolvendo questões de marco legal, competitividade internacional e desenvolvimento das parcerias público-privadas para Pesquisa e Desenvolvimento (P&D)”, explica Maria Luisa Campos Machado Leal, diretora da ABDI.

No evento estão previstas apresentações de cinco painéis de importantes associações brasileiras, que no desenvolvimento de suas atividades, têm alguma relação com a Nanotecnologia. Nos painéis, serão indicados os gargalos, as demandas e as recomendações em relação à P&D.

Um dos participantes será o presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), José Ricardo Roriz. Para ele, este tipo de evento em que dialogam academia e mercado é de suma importância para a área. “Não existem soluções de prateleira, elas precisam ser definidas em função do conhecimento profundo dos plásticos e do potencial de aplicação da Nanotecnologia. A mudança das propriedades e aplicações dos plásticos passa fortemente pela Nano e a indústria terá dificuldades para trabalhar só - o suporte e apoio da academia são fundamentais. Isso já ocorre em outros países, por meio de spin offs (novas empresas que nascem a partir de um grupo de pesquisa de uma empresa) que suportam indústrias tradicionais”, diz.

Para o presidente da Abiplast, o panorama de Nanotecnologia no país ainda está em processo inicial, com trabalhos de marcos regulatórios e normas. No setor de plásticos, apesar de já haver lançamentos como antimicrobianos, argilas para barreira a gases, carbonatos de cálcio, só agora estão entrando no mercado. Para ele, um dos gargalos é a aprovação de novos materiais. “Cada partícula nova é um protocolo novo a ser desenvolvido”, explicita.

Participarão dos painéis ainda representantes da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) e da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Oevento também contará com a presença de pesquisadores dos Institutos Nacionais de Ciências e Tecnologias (INCTs) e Redes de Cooperação com pesquisa em Nanotecnologia.


Serviço

Workshop Nanotecnologias: da ciência ao mundo dos negócios
Data: 3 de outubro de 2011
Local: Senai Mario Amato
Endereço: Av. José Odorizzi, 1555, Assunção, São Bernardo do Campo, SP
Horário: das 8h às 17h
Inscrições e informações no site: workshopnano.abdi.com.br


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar