acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Wärtsilä fornecerá projeto para navios de lançamento de linhas que irão operar no Brasil

22/12/2011 | 16h30
A Wärtsilä, líder global no fornecimento de motores e prestação de serviços para embarcações e usinas termelétricas, fornecerá o projeto e o sistema de propulsão de dois novos navios de lançamento de linhas flexíveis (PLVs) para operações avançadas no Brasil. As embarcações serão construídas no estaleiro Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering (DSME), na Coréia do Sul. O armador e operador dos navios será uma joint venture formada entre a Technip, multinacional francesa da indústria de energia, e a brasileira Odebrecht Óleo & Gás (OOG). As embarcações irão operar em águas brasileiras por meio de um contrato de afretamento de longo prazo para a Petrobras.

O contrato representa um grande avanço para a divisão de projeto naval (Wärtsilä Ship Design) da Wärtsilä no Brasil e reforça a posição de liderança da empresa na atividade, com a concepção de navios para um dos principais estaleiros do mundo. O projeto do novo VS 4146 PLV foi concebido segundo as rigorosas exigências dos armadores e da Petrobras. As embarcações, que têm capacidade de tensão de 550 toneladas para o lançamento de linhas flexíveis, foram concebidas com foco na otimização do consumo de combustível nas condições de projeto e para atender à necessidade de eficiência nas operações. Elas serão utilizadas principalmente para a instalação de umbilicais e linhas flexíveis do tipo “flowline” e “risers” para a conexão de poços em águas de mais de 2.500 metros de profundidade às unidades de produção.

"A escolha da Wärtsilä Ship Design para este projeto importante e desafiador reflete nosso forte histórico na concepção de embarcações de ponta em todo o mundo", diz Riku-Pekka Hägg, vice presidente para Ship Design da Wärtsilä Ship Power. "Esses navios serão uma representação de alto nível da nossa capacidade no setor de petróleo e gás para empresas que operam em águas brasileiras", completa Hägg.


Dados sobre as embarcações:

Modelo: VS 4146 PLV (Pipe Laying Vessel)
Comprimento: 145,60 m
Boca Moldada: 30 m
Pontal Moldado: 12,7 m


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar