acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
White Martins

Volume de investimentos deverá se repetir em 2007

12/12/2006 | 00h00

Empresa especializada em gases atmosféricos, de processo, especiais e medicinais, além de equipamentos para aplicação, transporte e armazenamento, a White Martins encerra 2006 com investimentos de US$ 150 milhões na América do Sul.

Atualmente, 80% das atividades da companhia estão concentradas no Brasil. O volume de investimentos, segundo o presidente da companhia, Domingos Bulus, deve se repetir em 2007. “O montante pode aumentar caso os empreendimentos previstos em alguns setores saiam do papel”, afirmou.

O executivo prevê um crescimento de 10% a 15% no faturamento em 2006. A operação da companhia na América do Sul é a maior do grupo Praxair fora dos Estados Unidos, com 15% do faturamento total da White Martins.

Apesar da atuação no mercado de gás natural representar apenas 10% da operação brasileira da empresa – os outros 90% representam o mercado de gases industriais, Bulus acredita na expansão. “Planejada, sem riscos e focada nos resultados”, explicou.

Segundo Bulus, já está nos planos da empresa a duplicação da unidade de liquefação de gás natural inaugurada este ano em Paulínia (SP), em parceria com a Petrobras (Gás Local). A unidade processa 320 mil metros cúbicos/dia de gás.

“2006 foi um ano de plantar. Agora é colher os frutos em 2007”, disse.

A expectativa, é de que os próximos anos sejam aquecidos por um crescimento maior da economia brasileira, desde que haja investimentos em infra-estrutura. “Se houver infra-estrutura, o negócio de gás vai andar bem no Brasil”, comentou. “É preciso estar otimista e apostar, fazer investimentos. Senão, a coisa não anda”, afirmou.



Fonte: Da Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar