acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Política

Vice-presidente dos EUA manifesta interesse em parcerias com o Brasil

29/05/2013 | 16h28

 

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, repetiu hoje (29), várias vezes, em discurso que deu início a seus compromissos oficiais no Brasil, a frase "nós podemos fazer juntos". Com isso, Biden procurou confirmar a intenção do governo norte-americano de fazer parcerias com o Brasil.
Em cerimônia no Armazém 3 da zona portuária do Rio de Janeiro, Biden lembrou que, na atual administraçação, vários integrantes do governo americano estiveram no Brasil. Segundo ele, os Estados Unidos querem e precisam da parceria com Brasil. Além disso, destacou, os investimentos no mundo estão mudando e as portas estão abertas para o Brasil, país que "está em um incrível dinamismo".
O vice-presidente destacou os avanços alcançados pelo Brasil em programas sociais, como o Bolsa Família, que, de acordo com ele, está sendo copiado ao redor do mundo. Na avaliação de Biden, o Brasil mostrou que pode haver desenvolvimento e democracia, combateu a inflação e ainda incluiu milhões de pessoas na classe média.
Para o vice-presidente americano, os dois países têm condições de trocar experiências no setor de energia: "Nós podemos aprender juntos". Ele comentou ainda a possibilidade de negócios entre empresas no campo da aviação, como a americana Boeing e a Empresa Brasileira de Aviação (Embraer).
Nesta tarde, o vice-presidente Joe Biden visita o Centro de Pesquisas da Petrobras e o Parque Tecnológico da Universidade Federal Fluminense (UFRJ).

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, repetiu nesta quarta-feira (29), várias vezes, em discurso que deu início a seus compromissos oficiais no Brasil, a frase "nós podemos fazer juntos". Com isso, Biden procurou confirmar a intenção do governo norte-americano de fazer parcerias com o Brasil.


Em cerimônia no Armazém 3 da zona portuária do Rio de Janeiro, Biden lembrou que, na atual administraçação, vários integrantes do governo americano estiveram no Brasil. Segundo ele, os Estados Unidos querem e precisam da parceria com Brasil. Além disso, destacou, os investimentos no mundo estão mudando e as portas estão abertas para o Brasil, país que "está em um incrível dinamismo".


O vice-presidente destacou os avanços alcançados pelo Brasil em programas sociais, como o Bolsa Família, que, de acordo com ele, está sendo copiado ao redor do mundo. Na avaliação de Biden, o Brasil mostrou que pode haver desenvolvimento e democracia, combateu a inflação e ainda incluiu milhões de pessoas na classe média.


Para o vice-presidente americano, os dois países têm condições de trocar experiências no setor de energia: "Nós podemos aprender juntos". Ele comentou ainda a possibilidade de negócios entre empresas no campo da aviação, como a americana Boeing e a Empresa Brasileira de Aviação (Embraer).


Nesta tarde, o vice-presidente Joe Biden visita o Centro de Pesquisas da Petrobras e o Parque Tecnológico da Universidade Federal Fluminense (UFRJ).

 



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar