acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Refino

Venezuela vende participação na refinaria Lyondell nos EUA

16/08/2006 | 00h00

A Venezuela vendeu por US$ 1,314 bilhão a participação na refinaria Lyondell-Citgo LP em Houston, EUA, a sua sócia, Lyondell Chemical Company, anunciou ontem em Caracas o ministro da Energia, Rafael Ramírez.

Lyondell-Citgo LP tem capacidade de refino de 268.000 barris diários de petróleo pesado venezuelano.

Ramírez reafirmou o interesse da Venezuela "em continuar colocando esses volumes de cru no mercado dos Estados Unidos, o que não quer dizer que devamos ser donos das refinarias".

Em entrevista à imprensa, Ramírez explicou que a venda da participação da Citgo, filial nos Estados Unidos da estatal Petróleos da Venezuela (PDVSA), na refinaria Lyondell foi decidida na sexta-feira passada.

A Citgo possuía, desde 1993, 41,25% das ações dessa refinaria, destinada especialmente a processar o petróleo pesado venezuelano. Também possuía um contrato de fornecimento por 25 anos.

A capacidade de processamento da refinaria Lyondell é de 265.000 barris diários (b/d).

As receitas geradas com a venda da refinaria serão destinadas ao Fundo de Desenvolvimento Nacional, onde se deposita parte das reservas internacionais e os excedentes em divisas da PDVSA.

Os Estados Unidos são o principal mercado para a indústria de petróleo venezuelana, que coloca nesse país 1,5 milhão de b/d de cru e outros, o que representa quase a metade de sua produção.

A refinaria de Lyondell tem capacidade de transformar o cru pesado com alto conteúdo de enxofre, em combustível limpo, em gasolina, diesel de baixo conteúdo de enxofre e combustível JET A1.



Fonte: A Tarde / AFP
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar