acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Resultado

Vendas da BR cresceram 8,1% no 1º semestre de 2011

29/08/2011 | 16h33
O volume de vendas da Petrobras Distribuidora (BR) no primeiro semestre deste ano cresceu 8,1% em relação ao mesmo período no ano passado, atingindo 23,511 bilhões de litros (3,9 bilhões mês), o que representa 1,024 bilhão de litros a mais que no primeiro semestre de 2010, informou hoje o presidente da empresa, José Lima Neto. 
 

“O crescimento está em linha com o que tínhamos planejado (23.091 bilhões de litros)”, disse. Lima explicou que o resultado gerou um aumento de receita operacional liquida de 13,6% na comparação com 2010. A empresa faturou, no período, R$ 33.761 bilhões, registrando lucro bruto de R$ 2.471 bilhões e lucro líquido de R$ 652 milhões.
 

"Entre os produtos destacaram-se no primeiro semestre as vendas de óleo diesel (+4,9%), QAV (+13,5%) e da gasolina C (+19,4%). O etanol teve queda de 13%, devido à migração do consumidor do alcool para a gasolina, provocada pela alta dos preços. O GNV teve elevação (0,2%) e no mercado de GLP, onde as vendas tiveram alta de 6,0%. O consumo de gasolina é maior do que no passado”, destacou Lima.
 

O executivo lembrou que o mercado de combustíveis no Brasil tem avançado acima do Produto Interno Bruto (PIB), apresentando uma taxa média de crescimento de 5,4% ao ano. O mercado global anual avançou 4,5% no primeiro semestre de 2011 em relação ao mesmo período no ano passado.
 

Os investimentos acumulados pela empresa no primeiro semestre (incluindo mercados revendedor e consumidor, área de operações, Liquigás, entre outros) somaram  R$ 466 milhões, acima dos R$ 258 milhões investidos no mesmo período de 2010.
 
 
Etanol mais caro
 

Na ocasião Lima informou ainda que o etanol está saindo das usinas mais caro que em 2010. "O etanol ainda não voltou ao patamar de consumo do ano passado porque o insumo está saindo das usinas 40% mais caro que no mesmo período no ano passado", afirmou. 
 

O presidente da Petrobras Distribuidora indicou que devido a isso tem-se produzido menos etanol este ano do que no ano passado e o país já está consumindo mais gasolina.
 
 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar