acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Valor de Mercado

Valor de mercado da Petrobras supera R$ 220 bilhões

04/01/2007 | 00h00

A Petrobras informou nesta quinta-feira, em comunicado, que pela primeira vez em sua história as ações da empresa atingiram US$ 103 bilhões, em valor de mercado na média mensal. De acordo com a estatal, isso "equivale a R$ 221 bilhões, considerando o câmbio médio do período. Este mesmo nível de capitalização já foi atingido entre abril e maio de 2006, mas nunca antes, na média mensal, havia se mantido em nível superior a US$ 100 bilhões". A empresa informou ainda que, no fechamento do ano (29/12/2006), o valor de mercado da Petrobras atingiu US$ 108 bilhões (R$ 230 bilhões).

Em comunicado, a empresa justificou o resultado, informando que "em um cenário mundial favorável às empresas de petróleo, a atuação transparente, ética e de comprometimento com seus acionistas garantiu um excelente desempenho das ações da Petrobras em 2006".

A companhia informou que a valorização da classe ordinária (com direito a votos) foi de 32% ao longo do ano, enquanto a da classe preferencial (com preferência no recebimento de dividendos) foi de 34%. "O Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) valorizou-se 33% no período. Em Nova Iorque, o desempenho dos recibos da Petrobras foi ainda mais forte. Os ordinários acumularam alta de 45% em 2006 e os preferenciais, de 44%, enquanto o índice setorial Amex Oil (que mede o desempenho das ações das principais petrolíferas mundiais) apresentou valorização de 20%", detalhou a estatal, na nota.

A Petrobras termina o comunicado comemorando a entrada da empresa no grupo de companhias com valor de mercado superior a US$ 100 bilhões. De acordo com a estatal, desde 2002, o valor de mercado da empresa passou de US$ 15 bilhões para US$ 108 bilhões, uma valorização de 601%. "Quando medido em reais, o valor de mercado passa de R$ 54 bilhões, em 2002, para R$ 230 bilhões, em 2006, uma alta de 323%", esclareceu.

Fonte: Jornal do Commercio



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar