acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Tubos

Vallourec e Sumitomo anunciam nova fábrica em Minas Gerais

28/03/2007 | 00h00

A Vallourec e a Sumitomo Metals constituíram uma joint-venture para construir e operar uma fábrica de tubos sem costura em Minas Gerais. O investimento é de aproximadamente US$ 1,6 bilhão e a capacidade de produção será de 600 mil toneladas de tubos sem costura por ano. O início da produção está programado para ocorrer em meados de 2010.

O protocolo de intenções foi assinado nesta quarta-feira (28/07) e a decisão final será confirmada após aprovação pelos conselhos de administração de ambas companhias e pelas agências regulatórias correspondentes.

Segundo informa a Vallourec, o consumo de aço será de 1 milhão de toneladas anuais, a serem produzidas na forma de barras redondas, das quais aproximadamente 700.000 toneladas serão consumidas pela nova fábrica de tubos sem costura, enquanto as 300 mil toneladas restantes serão utilizado pelo Grupo Vallourec para reduzir sua necessidade de fornecimento externo de aço.

As empresas compartilharão igualmente a produção, cada uma terá uma quota anual de 300 mil toneladas.

A nova fábrica brasileira de tubos se dedicará primordialmente à fabricação de produtos tubulares petrolíferos. O produto é conhecido internacionalmente pela sigla como OCTG (Oil Country Tubular Goods) sem costura. Ela irá produzir tubos com iâmetros de 168,3mm a 406,4mm e contará com instalações de tratamento térmico e linhas de rosqueamento.

Segundo informa a Vallourec, o que motivou a constituição da joint-venture foi a visão de que o mercado do setor de óleo e gás, que já se encontra extremamente aquecido, tende a se desenvolver ainda mais, impulsionando fortemente a demanda mundial por tubos com conexão premium.

As empresas escolheram construir a planta em Minas Gerais em função de facilidades logísticas, especialmente no que se refere a matérias-primas disponíveis e custos de fabricação.

A joint venture irá aumentar a capacidade global de produção de tubos sem costura da Vallourec em aproximadamente 10%.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar