acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mineração

Vale prevê investimentos de US$21,4 bilhões para 2012

28/11/2011 | 12h56
A Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, anunciou investimento de 21,4 bilhões de dólares para 2012, valor cerca de 11% inferior ao previsto inicialmente para 2011, em meio a uma conjuntura de cautela com a economia global.

No ano passado, a companhia havia planejado um volume de investimentos recorde para este ano, em 24 bilhões de dólares, quando o mercado mostrava boa demanda per minério de ferro e a empresa acelerava projetos.

Mas recentemente o presidente da mineradora, Murilo Ferreira, admitiu que do total previsto para 2011 a companhia conseguiria aplicar somente cerca de 19 bilhões de dólares, por conta de atrasos causados pela dificuldade na obtenção de licenças ambientais e pela escassez de mão-de-obra qualificada.

Do total de recursos previstos para 2012, US$ 12,9 bilhões serão direcionados para a execução de projetos e US$ 6,1 bilhões para a manutenção de operações já existentes, além de US$ 2,4 bilhões para pesquisa e desenvolvimento.

"A execução de projetos de capital é um dos maiores desafios para a indústria de mineração. A Vale enfrenta alguns obstáculos para implantar o seu portfólio de ativos de classe mundial: licenciamento ambiental, maior escassez relativa de capital humano, pressões de custo e prazos de entrega mais longos", afirmou a empresa em comunicado.

Para minimizar os efeitos destes problemas na execução de seus planos em 2012, a companhia diz que busca "inteligência no processo de suprimentos, fortalecimento das relações de longo prazo com fornecedores, antecipação de compras e diversificação da base de fornecedores".


Principais projetos no exterior

Os projetos que receberão maior volume de investimentos no próximo ano estão no exterior. Entre os principais, a planta de níquel localizada em Long Harbor, no Canadá, terá US$ 1,2 bilhão da mineradora em 2012, de um total de US$ 3,6 bilhões para começar a operar no segundo semestre de 2013.

A mina de potássio em Rio Colorado, na Argentina, também está entre os projetos que consumirão mais recursos no próximo ano, com previsão de investimentos de US$ 1,08 bilhão. A mina deve começar a produzir no segundo semestre de 2014, com investimentos totais de US$ 5,9 bilhões.

A produção de carvão da Vale em Moçambique também coloca a região entre os principais destinos dos investimentos da mineradora no próximo ano. A companhia investirá US$ 499 milhões na expansão da mina de Moatize e outros US$ 691 milhões no projeto Corredor Nacala, que prevê a construção de porto e ferrovia para escoar o carvão extraído da província de Tete.


Siderurgia

No Brasil, um dos maiores investimentos da Vale no próximo ano é a siderúrgica que será construída no Ceará, em parceria com a coreanas Posco e Dongkuk. Com 50% da planta, a mineradora espera investir US$ 563 milhões em 2012. A operação da siderúrgica é prevista para o primeiro semestre de 2015.

A companhia espera investir também US$ 581 milhões no projeto de cobre Salobo II, em Marabá, no Pará. A previsão é iniciar a produção no segundo semestre de 2013.

De acordo com a mineradora, 63,7% dos investimentos serão realizados no Brasil.

O orçamento para 2012 inclui US$ 918 milhões para financiar o programa global de exploração mineral e US$ 848 milhões para estudos conceituais, de pré-viabilidade e de viabilidade.

A empresa estima produção de 312 milhões de toneladas de minério de ferro em 2012, enquanto a de pelotas deverá alcançar 50 milhões de toneladas.


Fonte: Agência Reuters
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar