acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Vale negocia venda ou arrendamento de 19 supercargueiros

05/09/2011 | 18h02
A Vale confirmou nesta segunda-feira (5), que está negociando com armadores chineses a venda ou arrendamento de 19 supercargueiros que foram encomendados pela mineradora a estaleiros chineses e coreanos. A frota própria foi idealizada para fazer o transporte de minério dos terminais da empresa no Brasil a seus clientes asiáticos.

A companhia encomendou as embarcações, a um custo total de US$ 2,348 bilhões, com o objetivo de baratear o mercado internacional de fretes, que vinha pesando no preço do minério de ferro até a Vale entrar mais fortemente no setor, em 2009.

Em 2008, a média anual do preço do frete foi superior a US$ 50 por tonelada, atingindo o pico de US$ 105 por tonelada. No ano passado, mesmo com demanda por minério de ferro em alta, o custo do frete não passou de US$ 40 por tonelada e a média anual ficou abaixo de US$ 30 por tonelada.

A primeira das embarcações, o "Vale Brasil", o maior navio de minério do mundo, com capacidade de 400 mil toneladas, chegou ao Brasil em maio. O navio é um dos sete encomendados por US$ 748 milhões ao estaleiro Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering Co, da Coreia do Sul.

A Vale também possui encomenda de 12 navios com capacidade de 400 mil toneladas ao estaleiro Rongsheng Shipbuilding and Heavy Industries, na China, num investimento de US$ 1,6 bilhão.

Além da frota de 19 navios de 400 mil toneladas, a Vale conta com outros 16 navios com as mesmas dimensões, com operação exclusiva para a empresa em contratos de longo prazo assinados com armadores parceiros. Todos os 35 navios deveriam ser entregues até 2013.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar