acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Usinas hidrelétricas inauguradas em Goiás vão gerar 645 megawatts

19/10/2010 | 09h18
Usinas hidrelétricas inauguradas em Goiás vão gerar 645 megawatts
Usinas hidrelétricas inauguradas em Goiás vão gerar 645 megawatts Usinas hidrelétricas inauguradas em Goiás vão gerar 645 megawatts
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, inauguram hoje (19) as usinas hidrelétricas Serra do Facão, Barra dos Coqueiros, Caçu, Foz do Rio Claro, Salto e Salto do Rio Verdinho, todas no estado de Goiás. Segundo o Ministério de Minas e Energia, as novas usinas terão, ao todo, 645 megawatts (MW) de potência instalada, o suficiente para suprir a demanda de energia para cerca de 1 milhão de habitantes.


Os seis empreendimentos receberam, juntos, investimentos de aproximadamente R$ 2,9 bilhões. A energia assegurada ao sistema elétrico pelas seis usinas será de 445,6 MW médios.


As inaugurações das seis usinas vão ser feitas simultaneamente. O presidente Lula estará em Catalão, para inaugurar a Usina Serra do Facão, que já está operando com 212,6 megawatts (MW) de potência instalada. A construção do empreendimento teve investimentos superiores a R$ 1 bilhão, com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de R$ 576,10 milhões e R$ 486,83 milhões com recursos financeiros próprios dos acionistas.


A Usina Barra dos Coqueiros, que fica entre os municípios de Cachoeira Alta e Caçu, será inaugurada pelo ministro de Minas e Energia, Márcio Zimmermann. Em operação desde julho, a hidrelétrica tem 90 MW de potência instalada e 57,3 MW médios de energia assegurada.

Ela integra um complexo com a Usina de Caçu, que tem potência instalada de 65 MW e energia assegurada de 42,9 MW médios. Juntas, as duas usinas receberam investimento de R$ 640 milhões, dos quais R$ 502 milhões foram financiados pelo BNDES e o restante pelos empreendedores.

 
A Hidrelétrica Salto do Rio Verdinho, localizada nos municípios de Itarumã e Caçu, será inaugurada pelo secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner. O empreendimento já opera com 93 MW de potência instalada e 58,2 MW médios de energia assegurada. O valor total do investimento é de R$ 438,4 milhões - R$ 269,9 milhões financiados pelo BNDES e R$ 168,5 milhões com recursos dos acionistas.


A Usina Foz do Rio Claro tem 68,4 MW de potência instalada e 41 MW médios de energia assegurada. O valor total do investimento foi de R$ 268,42 milhões, com financiamento do BNDES de R$ 201,6 milhões e R$ 66,82 milhões com recursos dos acionistas.


A Usina Salto, entre Itarumã e Caçu, possui 116 MW de potência instalada e 63,8 MW médios de energia assegurada. O valor total do investimento foi de R$ 481,9 milhões, com financiamento do BNDES de R$ 313,14 milhões, e R$ 168,76 milhões com recursos dos acionistas.


Segundo o Ministério de Minas e Energia, este ano foram acrescentados 4,2 mil MW de potência em todo o país, sendo que 21,9% são referentes a hidrelétricas. Atualmente, estão em operação 866 usinas, o que representa 79.795 MW e 67,2 % da matriz de energia elétrica do Brasil.


Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar