acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Usina Termelétrica Decasa inicia operação comercial

27/10/2011 | 11h07
A UTE Decasa, empreendimento de co-geração de energia com a Usina Pau D’Alho, em Ibirarema (SP), obteve através do despacho de nº 4.205 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), de 26 de outubro de 2011, a autorização para operar comercialmente. A unidade utilizará o bagaço de cana-de-açúcar como combustível para produzir a energia elétrica. O empreendimento terá capacidade instalada de 33 MW.

A Desenvix detém o controle do empreendimento, que recebeu investimentos da ordem de R$ 90 milhões para sua implantação.

No primeiro Leilão de Energia de Reserva (LER), realizado pela ANEEL e pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em agosto de 2008, a UTE Decasa obteve um Contrato de Energia de Reserva (CER) para 16 MW médios a um preço de R$ 155,23 por MWh (data base: agosto de 2008), até dezembro de 2024.

A Desenvix possui uma matriz energética, derivada exclusivamente de fontes renováveis em plena expansão. Com capacidade instalada própria em operação de 209 MW, seu parque energético compreende dez empreendimentos, sendo quatro pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), uma usina termelétrica movida à biomassa (UTE), além de cinco usinas hidrelétricas (UHEs), das quais quatro são participações minoritárias.

Através de investimentos que somam cerca de R$1 bilhão, a companhia pretende adicionar, até o final de 2011, mais 129 MW de potência, elevando para 338 MW a sua capacidade instalada, passando a ser reconhecida com uma empresa geradora de médio porte.

Além da PCH Moinho e UTE Decasa, que entraram em operação recentemente, o plano de expansão da Desenvix inclui mais sete empreendimentos em fase de implantação, sendo uma pequena central hidrelétrica (PCH), quatro usinas de energia eólica (UEEs) e duas linhas de transmissão (LTs) com 517 quilômetros de extensão.

A companhia tem investido continuamente nos últimos cinco anos. Ela possui atualmente projetos em desenvolvimento que somam 3.430 MW de potência instalada, sendo 1.624 MW próprios. “Procuramos sempre alcançar a diversidade geográfica em nossos projetos, agregando conhecimentos importantes sobre o potencial energético brasileiro e permitindo o aproveitamento de oportunidades de negócios em todo o território brasileiro”, destaca o CEO da Desenvix, José Antunes Sobrinho.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar