acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Adiamento

Usina Albertina adia leilão judicial para 2012

04/03/2011 | 09h36

De olho nas perspectivas ainda positivas para rentabilidade de açúcar e etanol, os credores da Cia. Albertina, em recuperação judicial desde novembro de 2008, aprovaram novamente o adiamento do leilão judicial, anteriormente marcado para 15 de abril deste ano. A nova data foi fixada para 15 de dezembro de 2012.



Os principais credores da empresa, que tem capacidade para moer 1,5 milhão de toneladas de cana por safra, são a trading Multigrain, o fundo americano Callao e o HSH Nordbank que, juntos detêm US$ 60 milhões em créditos a receber. A empresa, de Sertãozinho (SP), tem dívidas totais sujeitas à recuperação judicial de R$ 137 milhões.



Com esse prazo adicional, diz o gestor interino da usina Marcelo Milliet, a empresa ganha mais duas safras para gerar caixa, investir e agregar mais valor à companhia. "Vamos renovar 1 mil hectares de cana neste ano".



Assim, em dezembro de 2012, os credores esperam vender a empresa no leilão por valor mais alto do que ela vale hoje. Já no exercício encerrado em 31 de dezembro de 2009, a Albertina conseguiu absorver o efeito positivo dos preços de açúcar e álcool e registrou lucro líquido de R$ 109,087 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 266,2 milhões registrado em 2008.



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar