acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
PD&I

US$ 301 milhões para importação de insumos e equipamentos de pesquisa

07/02/2017 | 11h48

Portaria publicada no Diário Oficial permite que entidades e pesquisadores comprem material para pesquisa sem o pagamento do imposto de importação. No ano passado, 216 entidades e 285 pesquisadores foram beneficiados.

O governo federal liberou nesta segunda-feira (6) a cota de importação de insumos e equipamentos para pesquisa científica, prevista na Lei 8010/90. De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU), institutos e pesquisadores ficarão isentos do pagamento do imposto de importação na compra de US$ 301 milhões em material para pesquisa e desenvolvimento tecnológico em 2017. Com a liberação, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) fará a análise dos pedidos das entidades e pesquisadores credenciados.

Em 2016, 216 entidades e 285 pesquisadores foram beneficiados pela cota de importação de equipamentos e insumos no valor de US$ 290 milhões. Desse total, US$ 190,6 milhões foram utilizados.

Para o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, a liberação das cotas é uma importante conquista para a comunidade científica e para o país. "As cotas de importação asseguram a continuidade de projetos científicos que têm grande valor para a população brasileira. Além disso, os insumos e equipamentos adquiridos por meio dessa cota são fundamentais para a competitividade do país em ciência, tecnologia e inovação", avaliou.



Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar