acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Competição

Universitários participam do Campeonato Brasileiro de barcos movidos a energia solar

10/02/2011 | 09h33
A partir de segunda-feira (14), Florianópolis receberá a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de barcos movidos a energia solar 2011. O palco da competição, que se estenderá até sábado (19/02), será a Lagoa da Conceição e as provas sempre terão início às 9h. Nas duas últimas edições, a equipe Vento Sul – formada por alunos da UFSC e patrocinada pela RADIX – faturou o título de forma invicta.

 

A Vento Sul nasceu em abril de 2009 com o propósito de desenvolver e fabricar barcos movidos a energia solar. Alunos de diferentes cursos se uniram no intuito de fazer uma embarcação por intermédio de tecnologias comercialmente disponíveis, com máxima eficiência e usando energia solar fotovoltaica como fonte exclusiva de energia. Além dos barcos de competição, os integrantes da Vento Sul prestam assessoria técnica a outros projetos de embarcações da Federal de Santa Catarina, como o catamarã que está sendo desenvolvido para monitoramento ambiental na Lagoa do Peri. Para a realização de projetos, fabricação dos protótipos e participações em torneios, a Vento Sul é dividida em setores como em uma empresa. Há departamentos de engenharia, logística, marketing, jornalismo e eventos.

 

“Investimos em educação seja por meio de patrocínio acadêmico, participando de eventos universitários etc, pois acreditamos ser fundamental que os estudantes tenham a chance de praticar o que aprendem na graduação. Adquirir experiência enquanto ainda estudam fará desses jovens profissionais mais qualificados e desembaraçados na hora de ingressarem no mercado. Sabemos da dificuldade do aluno em conseguir um estágio, principalmente se for o primeiro. As empresas devem dar oportunidade para quem está começando e incentivar os jovens a desenvolverem novas tecnologias e a trocar com os mais experientes. O mercado, inclusive, será beneficiado”, afirma Luiz Eduardo Rubião, Diretor da Radix.

 

O estudante de engenharia química e coordenador geral da Vento Sul, Tássio Simioni, comentou sobre a importância deste tipo de trabalho para a evolução e o amadurecimento dos futuros profissionais. “Nos laboratórios e nas empresas juniores não amadurecemos e evoluímos tanto como aqui. E é fácil entender o motivo. Nosso trabalho funciona como uma empresa de verdade. As equipes são divididas em setores e cada um tem suas responsabilidades. Com certeza, atuar neste tipo de desafio é um diferencial no mercado de trabalho”, explica.


Além de atual bicampeã brasileira, a Vento Sul foi considerada em 2010 a melhor equipe novata no campeonato mundial de barcos movidos a energia solar, na Holanda.


Nesta etapa, 11 times disputarão o lugar mais alto do pódio. As equipes são formadas por alunos da UFSC, UNIVALE, UFRJ, Instituto Federal Fluminense – IFF -, Universidade Estadual Paulista – UNESP -, Instituto Náutico de Paraty – INP - e Projeto Grael. O campeonato será dividido em duas categorias de acordo com os tipos de embarcações: catamarã e monocasco. A UFSC em parceria com a UFRJ são as responsáveis pela organização da etapa catarinense. Em cada parada da competição, os barcos realizam percursos em baías e canais das cidades, com o objetivo de somar o menor tempo.

 

Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar