acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Pesquisa e Desenvolvimento

Unisantos é credenciada pela ANP

21/01/2011 | 10h46
A Universidade Católica de Santos (UNISANTOS) foi credenciada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O credenciamento, por meio do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas da UNISANTOS, foi divulgado, no último dia 13, pelo Diário Oficial da União. Apenas 37 instituições no País estão credenciadas, sendo que 17 são universidades. No Estado de São Paulo, somente quatro instituições de ensino estão credenciadas.


A UNISANTOS está apta para executar atividades de pesquisa nas áreas de Desenvolvimento de produto e engenharia de processos e Desenvolvimento de produtos e processos para monitoração, manejo e conservação do meio ambiente.


O credenciamento reconhece que a UNISANTOS atua em áreas de relevante interesse para a indústria do petróleo, gás natural e biocombustíveis e/ou temas e áreas correlatas, como meio ambiente, energia e formação de recursos humanos. Evidencia, ainda, que a Universidade tem reconhecida idoneidade e competência tecnológica e possui infraestrutura e condições operacionais para a execução das atividades de pesquisa e desenvolvimento.


Projetos


Com validade de três anos, o credenciamento habilita a UNISANTOS a desenvolver as seguintes atividades de pesquisa:


1- Desenvolver ASIC (Aplication Specific Integrated Circuit) na tecnologia CMOS (Complementary Metal Oxide Semiconductor) de circuitos digitais, analógicos e integrados de radiofreqüência;


2- Produzir preparado enzimático comercial para ser empregado em diferentes processos biotecnológicos;


3- Identificar, estudar e isolar consórcios microbianos de diferentes ambientes impactados por óleo e petróleo, capazes de degradarem petróleo, visando reduzir poluição decorrente de derramamentos;


4- Isolar, por método de cultivo tradicional, micorganismos produtores de biosurfactantes;


5- Pesquisa continuada na área ambiental, abrangendo sua fragilidade e vulnerabilidade, o repertório de alternativas para compensação ou redução de emissões de gases de efeito estufa.

 

Investimentos


“Este é um selo de qualidade. Somos a única instituição da região credenciada e com vários projetos. Este credenciamento tem um significado especial para a região”, destaca o reitor, professor mestre Marcos Medina Leite. Para entender esse processo, ele diz que os investimentos tiveram início em 2007, em ações conjuntas com a Petrobras, inclusive para o projeto de implantação do curso de Engenharia de Petróleo, que teve início em 2009.  


O reitor lembra dos investimentos em laboratório, como o de Simulação de Processos de Exploração de Petróleo, fruto de parceria com a empresa franco-americana Schlumberger, líder na fabricação de softwares exclusivos, além de laboratórios como o de Operações Unitárias e o de Geociências. Criação de grupos de pesquisa e contratação de professores-pesquisadores, por meio de edital público, também fizeram parte das ações.


Em uma primeira análise, os projetos irão beneficiar cerca de 2 mil alunos. As ações representaram investimentos em torno de R$560 mil. Diretor do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas da UNISANTOS, o professor doutor Sérgio Olavo Pinto da Costa diz que o credenciamento tem um significado especial, pois é o reconhecimento formal das condições operacionais, infraestrutura e idoneidade de uma instituição de ensino. Para a diretora adjunta do Instituto, trata-se de uma certificação muito importante que demonstra a excelência de uma instituição de ensino que tem muito a colaborar para o desenvolvimento do País. 


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar