acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petroquímica

Unipar lucra R$ 32 milhões no primeiro trimestre de 2004

13/05/2004 | 00h00

A União de Indústria Petroquímicas (Unipar) registrou um lucro líquido de R$ 32 milhões no primeiro trimestre de 2004. Com a reversão da amortização de ágio na Polietilenos União, o lucro atinge R$ 36 milhões.
A Divisão Química, como empresa indepedente, apresentou o resultado de R$ 12 milhões, 17% superior ao primeiro trimestre do ano anterior. Unindo a Divisão Química e o grupo das empresas controladas integrais - União Terminais, Unipar Comercial e Polietilenos União - e considerando-se a reversão da amortização do ágio da Polietilenos União, o resultado foi de R$ 27 milhões, valor semelhante ao do primeiro trimestre do ano anterior.
A Petroquímica União, Carbocloro, Petroflex e Polibutenos contribuíram para o resultado da Unipar com receitas de investimentos que somaram R$ 23 milhões. A Rio Polímeros está na sua fase final de implantação.
Segundo comunicado da empresa, o resultado da Unipar no trimestre está de acordo com o panorama verificado para o setor petroquímico, que, quando comparado com o primeiro trimestre de 2003, foi caracterizado por um ligeiro aquecimento das vendas, principalmente para o mercado externo, e preços de venda reduzidos.
A nafta, principal matéria-prima para o setor petroquímico brasileiro, vem apresentando uma trajetória de elevação de preços no cenário internacional desde meados de 2003. No entanto, no primeiro trimestre de 2004, a nafta sofre uma redução do seu preço médio em dólares da ordem de 4% frente à média de igual período de 2003, tendo em vista que naquela ocasião seus preços apresentaram ascensão acelerada devido aos conflitos no Oriente Médio.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar