acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
OTC 2008

Um espaço ainda maior para as empresas brasileiras

14/12/2007 | 00h00
O Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) promoveu, em dezembro, a primeira reunião do Pavilhão Brasil para a Offshore Technology Conference (OTC) em 2008.

Criado em 1969, a OTC reúne todos os anos o que há de mais atual na tecnologia de perfuração, exploração e produção além-mar. Executivos, engenheiros, pesquisadores, técnicos e gerentes de operadoras e empresas do setor se agendam anualmente para participar do evento. Há quatro décadas, a OTC é o principal fórum tecnológico mundial do setor, apresentando tecnologias pioneiras e inovadoras de processos de exploração e produção de petróleo offshore.

O tema e a data da conferência em 2008 foram divulgados no último dia do evento em 2007: “Waves of Change”, as ondas da mudança, durante os dias 5 a 8 de maio. O cenário continuará o mesmo, o Reliant Park, em Houston, Texas.

Em 2008, 16 empresas que já participaram do Pavilhão Brasil no ano passado e mais 10 novas empresas estreantes no evento já confirmaram presença, dentre elas Poland, Protubo, Orteng, WBS, Gávea Sensors, IVC, MCS Engenharia, Keppel Fels, Estaleiro Mauá, além do IBP, da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Gás Natural e Biocombustíveis, da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP) e da Agência de Promoção e Exportações do Brasil (Apex).

“Nosso projeto este ano foi criado conforme o briefing fornecido pelo IBP. Devido ao grande sucesso de 2007, várias empresas brasileiras estão querendo participar da OTC em Houston no Pavilhão brasileiro do IBP este ano”, comentou Sergio Ferreira, da Hyrnastha Arquitetura e Eventos, empresa responsável pelo projeto dos estantes do Pavilhão Brasil na OTC.

“Nosso projeto tem como conceito a identificação do Pavilhão Brasileiro com suas cores em toda a área com módulos de trabalho para as empresas compostos de bancada, armário, poltronas e mesa para recepcionar seus networks”, explica. “Procuramos integração através da criação de ruas dentro da mesma área permitindo um fluxo de visitação a todos os módulos do projeto valorizando assim cada área adquirida por nossos expositores. Existe também, uma área central de relacionamento do IBP, Onip e Apex para quaisquer informações adicionais de nossas empresas bem como a oportunidade de tomar uma cafézinho conosco”, ressalta.

Sobre a área do estande foram criados três infláveis com 2.50m de diâmetro a 5.50 m de altura para que o visitante possa ter visibilidade do pavilhão.

Fonte: Da redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar